Banner
Governador reeleito Waldez Góes, com o vice Jaime Nunes e o senador Lucas Barreto | Foto: Reprodução
Política

Waldez vence Capiberibe e é eleito para quarto mandato de governador

Paulo Silva, Portal Diário

Estácio mobile

Às 19h deste domingo, 28 de outubro, com 99,51% das urnas apuradas, o site do TSE assinalava Waldez Góes (PDT) reeleito ao governo do Amapá para o período de 2019 a 2022.

Naquele horário, Waldez Góes detinha 178.358 votos contra 163.928 do adversário João Capiberibe (PSB), diferença de 14.430 sufrágios. Em porcentagem, o candidato pedetista obtinha 52,36% dos votos válidos, ficando Capiberibe com 47,64%. Logo após eleito para exercer o seu quarto mandato de governador amapaense, Waldez Góes, em sua residência, fez uma agradecimento geral, de Deus aos vendedores ambulantes que o acompanharam na campanha, passando pela sua família, militância e lideranças que o apoiaram, como o senador eleito Lucas Barreto (PTB), também presente no local.

Waldez Góes garantiu que após receber o estado em crise, após a administração do PSB, conseguiu, nesses últimos quatro anos, recondicioná-lo para seguir com o seu desenvolvimento.

O governador prometeu dar condições para instalação de novas indústrias no Amapá, captar mais recursos públicos, ajudar os mais pobres com pagamento do consumo de energia elétrica e fortalecer as políticas públicas de segurança e saúde sem esquecer o acesso de mais pessoas no programa Amapá Jovem.

João Capiberibe, também em entrevista, aceitou o resultado das urnas e prometeu fazer oposição séria e consequente ao governo de Waldez Góes.

Deixe Seu Comentário abaixo:

Banner Gif Mobile