Banner
Peritos da UFPA, técnicos da Anglo e agentes públicos no porto de minérios em Santana | Fotos: B. Vinícius
Amapá

Peritos retiram 80 quilos de amostras na perícia na área do píer da Anglo

Cleber Barbosa, da Redação

Estácio mobile

A dois dias do fim do prazo determinado pela Justiça para a realização de uma perícia técnica na área do acidente com o píer flutuante da mineradora Anglo Ferrous Brazil, em março de 2013, os especialistas da Universidade Federal do Pará (UFPA) já recolheram um total de 80 quilos de amostras de material. Foram realizadas três perfurações de até 90 metros com sondas, com a retirada de amostras de solo, uma sugestão da própria empresa para comprovar uma tese de que ocorreu um fenômeno geológico, onde a argila que integra o solo do porto se liquefez, levando a terra a se transformar em uma lama fina que correu para o rio, provocando o desabamento da grande estrutura.

Os trabalhos estão sendo coordenados pelo professor-doutor Marcelo Rassy, coordenador-geral do Colegiado de Engenharias da UFPA. A magistrada que determinou a perícia é a juíza do trabalho Odaíse Cristina Picanço Benjamin Martins, da 6ª Vara do Trabalho de Macapá. Ela já havia determinado um bloqueio judicial de R$ 100 milhões da mineradora inglesa, a título de garantias ou caução na Ação Civil Pública instaurada para apurar as responsabilidades trabalhistas.

Posição

O píer flutuante que adernou no último dia 13 de fevereiro, na mesma área da Anglo American onde o anterior foi a pique em 2013

Em nota enviada à redação do portal CleberBarbosa.Net, a mineradora Anglo American, controladora da Anglo Ferrous Brazil, esclareceu que ao contrário do que a reportagem anterior havia publicado, a perícia que está sendo realizada não se refere ao píer que adernou no último mês de fevereiro. “Ela foi solicitada pela própria Anglo American dentro da Ação Civil Pública (ACP) proposta pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) do Amapá que investiga as causas do acidente ocorrido no Porto de Santana em 2013”, diz a nota da assessoria da Anglo. Ainda de acordo com posicionamento da multinacional, enviado agora à noite, somente a parte de campo dessa perícia termina neste fim de semana. “O trabalho continua e só será encerrado em cerca de 60 dias, quando o relatório dos peritos for concluído”, completa a Anglo American em sua nota.

Relembre o caso:

Compartilhe:

Deixe Seu Comentário abaixo:

Banner Gif Mobile