Banner
Opinião

Notas da coluna ARGUMENTOS, terça-feira, dia 02 de abril de 2019.

Turismo
Com apoio do Governo do Estado e parceiros, o Amapá terá a oportunidade de se mostrar como destino turístico em nível internacional durante o 21º Salão de Turismo e Lazer da Guiana Francesa, que ocorrerá em Caiena.

GOVE  mobile

Vitrine
Trata-se de um evento anual, que reúne vários países entre os dias 13 e 14 de abril. Uma delegação de 20 pessoas levará as potencialidades turísticas, a cultura, o artesanato e a gastronomia amapaenses.

Circo
As comemorações pelo Dia do Circo, em Serra do Navio, foram muito além que a data oficial, 27 de março. Na Escola Municipal Beija-Flor, a arte circense inspirou um projeto empreendedor de quase um mês.

Lições
A iniciativa, denominada “Projeto Circo da Alegria”, levou além de um mergulho nas artes populares, a uma experiência de trabalho em equipe, empreendedorismo e valorização da vida, com muita diversão, claro.

República
Ainda não se tem a confirmação oficial da vinda do presidente Bolsonaro ao Amapá, para a inauguração do aeroporto de Macapá. Mas o protocolo e o cerimonial está sendo detalhadamente preparado.

Liderança

O governador Waldez apresentou ontem à noite o novo líder do Setentrião no Parlamento Estadual. Será o deputado Alberto Negrão (PP), que é médico e está em seu primeiro mandato. O anúncio foi feito através das redes sociais, acompanhado da descrição: “Conto com você e a bancada federal para trabalharmos juntos pelo Amapá”.

Anglo
O acidente que vitimou seis operários no Porto de Santana completou seis anos no fim de semana e o terminal de embarque de minérios segue fora de operações, com incertezas sobre o setor mineral no Amapá. A Anglo está prorrogando por mais cinco anos a assistência às famílias dos mortos.

Custo
Essa notícia ao menos serve de alento para os familiares dos trabalhadores que tombaram naquela tragédia, pois os planos de saúde e o fundo educacional, mantido pela mineradora Anglo American sendo prorrogado certamente serão um alívio para elas. Mas há quem esteja reclamando do acordo firmado.

Direitos
O acordo teria sido feito extrajudicialmente, diretamente entre representantes da multinacional inglesa e as famílias dos operários. Nos autos dos processos haviam pareceres do Ministério Público do Trabalho com extensão e até condições melhoradas para essa assistência às viúvas.

 

Deixe Seu Comentário abaixo:

Banner Gif Mobile