Banner
A Junta Comercial e Industrial do Amapá (Jucap) mantém atendimentos remotos aos contribuintes | M. Loureiro
Economia

Junta Comercial não tem registros de empresas que quebraram na pandemia

Cleber Barbosa, da Redação

Estácio mobile

A pressão que muitos empreendedores vêm fazendo para que o comércio reabra suas portas se justifica por inúmeros casos de gente que alega estar quebrando seus negócios por estarem fechados. Muitas empresas já faliram, mas ainda não deram baixa das firmas na Junta Comercial e Industrial do Amapá, a JUCAP, que alega não ter parâmetros para medir o impacto da pandemia na economia e no mercado.

Segundo o presidente da JUCAP, Gilberto Laurindo, há sim relatos de que muitas empresas locais já sucumbiram à crise econômica provocada pela pandemia. “Mas também não é de agora que muitas firmas fecham, literalmente, baixam as portas, quebram mesmo, demitem seus funcionários, mas não dão baixa da empresa na Junta Comercial, pelos mais diversos motivos”, diz o dirigente.

Pendências

Entre esses motivos, diz o presidente da JUCAP, estão as pendências trabalhistas, problemas tributários, questões ligadas ao patrimônio, pois muitas possuem veículos ou imóveis financiados em nome da empresa e não podem dar baixa do registro dessa firma ou pessoa jurídica, como se costuma tratar formalmente uma empresa individual, sociedade limitada ou anônima.

O fato é que a entidade simplesmente não consegue ter essas informações devidamente catalogadas. “Então por essa série de motivos a Junta Comercial não consegue hoje saber a situação desse mercado, das estatísticas de quem sobreviveu à essa pandemia, pois esses empreendedores acabam elegendo outras prioridades – como a própria saúde – do que ir à JUCAP, ainda mais agora que está com o atendimento ao público fechado”, diz ele.
Mas o dirigente do órgão garante que mesmo pelas regras do distanciamento social devido ao estado de calamidade pública na saúde em todo o país, é sim possível continuar acessando remotamente os serviços da Junta Comercial através do aplicativo “Empresa Fácil” no site da entidade.

Compartilhe: 

Deixe Seu Comentário abaixo:

Banner Gif Mobile