Banner
A cantora amapaense Elaine Araújo e o ator e diretor teatral Carlos Lima (*17.01.61 †04/06/20) | Arte: B. Gabriel
Cultura

Elaine Araújo paga promessa e canta hino de Santana para Carlos Lima

Da Redação

GOVE  mobile

Uma história daquelas que atravessam as décadas sendo repetidas. Uma amizade construída desde a adolescência, permeada por uma paixão pelas artes, seja o teatro, a dança e muito especialmente a música. Trata-se da relação entre a cantora amapaense Elaine Araújo e o ator Carlos Lima, o Carlinhos, que faleceu na semana passada, também vítima de Covid. Ela é autora do hino oficial de sua cidade, Santana, e ele certa vez pediu autorização para fazer uma paródia da música para apresentar de forma bem humorada nos palcos – e também zoar com os políticos locais da ocasião.

Curiosamente, este ano em um reencontro muito bem humorado, em que ele falava da realização do sonho de viajar pelo mundo [concretizado] e diante de novos projetos e ideias, fez um pedido inusitado: que se morresse antes da amiga, que ela cantasse o hino de Santana em seu funeral. Achando tudo muito esquisito ela ponderou, relutou, mas diante de sua insistência decidiu aceitar, com uma condição: que se ela morresse primeiro ele deveria cantar a versão parodiada do hino, tendo sido então selado o acordo meio mórbido, mas muito representativo.

Amizade

Elaine Araújo com o marido Gessulino e o amigo Carlos Lima, o Carlinhos em recente encontro | Foto: Reprodução 

Falando ao blog CleberBarbosa.Net, por telefone, Elaine contou que no dia do sepultamento do amigo Carlinhos, em Santana, seu marido lembrou da promessa e pediu o microfone para a esposa, que até tentou seguir adiante, mas a emoção falou mais alto, chorou, esqueceu parte da letra, mas aceitava o convite feito em uma rede social pelo jornalista Cleber Barbosa, diretor do site, para que ela fizesse a homenagem ao amigo em grande estilo, no rádio e depois em todos os canais possíveis. Então nesta segunda-feira (08) a promessa foi cumprida!

Entrada de Cleber Barbosa no programa Ensaio Geral (Diário FM 90,9)

Confira ainda o áudio em que Elaine Araújo conta mais detalhes da história

Carlos Lima tinha 59 anos de idade, era natural de Serra do Navio (AP) e também havia sido consagrado pastor evangélico. Entre as muitas atividades profissionais, foi diretor do Teatro das Bacabeiras. Um de seus grandes sucessos como autor teatral foi a peça “Seu Portuga e a Língua Portuguesa”, que ele fazia questão de levar também a escolas públicas, em apresentações gratuitas só pela vocação em ensinar a língua do país de maneira lúdica e muito eficaz.

Na página de Carlos Lima no Facebook, são inúmeras as manifestações e mensagens de solidariedade e reconhecimento pela relevância do artista. Uma amiga, Darc Marques, fez questão de compartilhar a importância dessas homenagens: “Carlos Lima a timeline de hoje só deu você! Que orgulho mano, que lindo! Como se todos tivesse uma TBT contigo; Mas afinal você fez a mais linda homenagem ao meu saudoso sogro, Mestre Ambrósio, isso não esquecerei nunca”, disse ela.

Literatura

O artista amapaense Carlos Lima sendo homenageado pela Associação Literária do Estado do Amapá | Foto: Divulgação

A Associação Literária do Estado do Amapá (ALIEAP), emitiu uma Nota de Pesar pelo falecimento de Carlos Lima. O presidente da entidade, Ricardo Pontes, manifestou profundo pesar em razão do seu desaparecimento do “Seu Portuga”. Atuando desde 1980, aos 59 anos, o professor de Artes, dramaturgo, ator e diretor de teatro é um dos grandes nomes do cenário artístico amapaense.

Carlos também fazia parte do grupo de Contadores de História da Biblioteca Pública Elcy Lacerda. Homem simples, nascido no município de Serra do Navio, ficou muito conhecido por protagonizar o espetáculo “Seu Portuga e a Língua Portuguesa”, criado em 1994 e premiado em festivais dentro e fora do Amapá. “Com uma trajetória de sucesso, o artista deixa um grande legado para as artes. Somos solidários com seus familiares e amigos e manifestamos nossos profundos pêsames, em nome da ALIEAP”, assinala, na nota, o presidente Ricardo Pontes.

Peça “Seu Portuga e a Língua Portuguesa” nas escolas

Compartilhe:

Deixe Seu Comentário abaixo:

Banner Gif Mobile