Banner
O Grupo Itaú anunciou a doação de R$ 1 bilhão para um fundo de combate ao covid-19 | Foto: Kevin David/A7
Economia

As maiores doações de empresas e empresários contra o coronavírus

Segundo o monitor de doações da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), a luta contra a pandemia de coronavírus já arrecadou mais de R$ 2,2 bilhões em doações de empresas e pessoas físicas só no Brasil. Desse valor, 72% veio de empresas do setor financeiro. Na ponta está o Itaú, que, no último fim de semana, anunciou a doação de R$ 1 bilhão para um fundo de combate à covid-19 a ser gerido por médicos e especialistas em saúde.

Estácio mobile

Além de empresas, pessoas físicas famosas e empresários milionários também destinaram partes de suas fortunas à guerra contra a pandemia. A família de Luiza Helena Trajano, por exemplo – fundadora do Magazine Luíza – prometeu R$ 10 milhões para a compra de respiradores artificiais, leitos, colchões e travesseiros para hospitais públicos e filantrópicos de todo o país.

Veja a seguir o ranking com as empresas que, depois do R$ 1 bilhão do Itaú, mais doaram para o coronavírus. A maior parte do valor é destinado à compra de equipamentos médicos ou a organizações que oferecem ajuda assistencial a famílias afetadas pela crise econômica decorrente da pandemia.

Itaú: R$ 1,247 bilhão;

BRF: R$ 50 milhões;

BTG: R$ 50 milhões;

iFood: R$ 50 milhões;

Votorantim: R$ 50 milhões;

Banco do Brasil: R$ 40 milhões;

Banco Safra: R$ 30 milhões;

BV: R$ 30 milhões;

Cacau Show: R$ 32,4 milhões;

Americanas: R$ 25 milhões;

Nubank: R$ 20 milhões.

O monitor da ABCR também acompanha as doações feitas por empresários, celebridades e filantropos – pessoas físicas que usam fundações em seu nome para doar sua fortuna à luta contra a covid-19. Veja a seguir quem são os maiores doadores até o momento.

Luiza Helena Trajano (e família), fundadora do Magazine Luíza: R$ 10 milhões;

Rubens Menin, CEO e fundador da construtora MRV: R$ 10 milhões;

Neymar, o atleta de futebol profissional do PSG e da Seleção Brasileira: R$ 5 milhões;

Luciano Huck, apresentador e empresário: R$ 1,5 milhão;

Dr. José Luiz Egydio Setúbal, presidente do Hospital Infantil Sabará: R$ 1 milhão;

Xuxa Meneghel, apresentadora: R$ 1 milhão.

Fonte: Yahoo Finanças

Compartilhe:

Deixe Seu Comentário abaixo:

Banner Gif Mobile