Banner
Secretário estadual de Saúde, João Bittencourt, em entrevista na rádio Diário FM | Foto: Reprodução
Saúde

Secretário de Saúde busca tranquilizar população, mas pede colaboração

Cleber Barbosa, da Redação

Estácio mobile

O secretário estadual de Saúde, (SESA), João Bittencourt, transmitiu uma mensagem de alento à sociedade amapaense, apesar da preocupação e da mobilização por medidas de contenção da proliferação. Porém reforça a necessidade da população ajudar evitando eventos de aglomeração de pessoas, especialmente os idosos. “Não levem os idosos para passear por esses dias”, disse ele.

Mas o dirigente estadual da pasta da saúde procurou também destacar os esforços que o Estado e o Governo Federal vem fazendo para minimizar o problema. O Ministério da Saúde deverá alocar 1 mil leitos em todo o país, sendo 20 para o Amapá, que deverão ser instalados no Centro de Doenças Transmissíveis, em Macapá.

É preciso ter em mente que essa trajetória antecede outras doenças também virais, mais graves inclusive, pois em 2002 tivemos a SARSI, depois o H1N1 com letalidade média de 17%; em 2015 a ZICA e no final de 2019 nos deparamos com o Coronavírus, cuja mortalidade está em torno de 3%, disse o secretário, que questiona o alarde todo criado, atribuindo à força das redes sociais.

João Bittencourt lembrou que desde o registro de cinco casos suspeitos na Guiana Francesa, o Governo do Amapá adotou medidas emergenciais para evitar que o vírus chegasse ao Amapá. Também foram preparados dois leitos de uma unidade semi-intensiva para tratar possíveis casos na região fronteiriça.

Compartilhe:

Deixe Seu Comentário abaixo:

Banner Gif Mobile