Banner
Opinião

Notas da coluna ARGUMENTOS, sexta-feira, dia 03 de maio de 2019

Partidos
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) finalizou, o julgamento das contas partidárias relativas ao exercício financeiro de 2013. Do total de 32 partidos existentes naquele ano (atualmente são 34), 14 tiveram as contas reprovadas e 18 foram aprovadas com ressalvas.

GOVE  mobile

Dinheiro
Com esses resultados, os partidos serão obrigados a devolver valores aos cofres públicos, por inadimplência com o Fundo Partidário dudesde o ano de 2013. A soma das devoluções passa dos R$ 18 milhões.

Mercado
Patrocinadora do Flamengo no Brasileirão, a empresa Multimarcas já tem representação também no Amapá. Escritório muito bem montado no Centro de Macapá, trabalha com os maiores consórcios do país.

Loterias
Nesta quinta a Mega-Sena, acumulada pela 11ª vez consecutiva, sorteia o prêmio de R$ 125 milhões do concurso 2.147, que será realizado a partir das 20h no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo (SP).

Bolada
Caso apenas um ganhador leve o prêmio e aplique todo o valor na Poupança, receberá mais de R$ 464 mil em rendimentos mensais. Suficiente para comprar dez mansões, nos bairros mais nobres do país.

Trânsito

O Detran promete radicaliza na campanha “Maio Amarelo” deste ano. O uso de imagens contundentes como essa, de carros totalmente retorcidos ou destruídos em acidentes de trânsito serão usados com o fim de sensibilizar a atenção de motoristas e pedestres sobre a necessidade de redução dos casos acidente nas ruas.

Segurança
Lançado ontem em Macapá o novo sistema de comunicação digital dos órgãos de proteção e defesa social do Estado. Coube ao governador Waldez fazer a chamada geral de agentes de segurança nos quatro cantos do Amapá, via rádio. O novo sistema é muito mais seguro e protegido de vazamento.

Cooperação
O sistema acaba também por dar vazão a uma estratégia para o enfrentamento do crime organizado, que é o compartilhamento de informações e a cooperação interagências. Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Técnica, Penitenciária e SAMU pelo estado, e de outro a PF, PRF, e Forças Armadas.

Frágil
Durante o evento, coordenado pelo secretário de segurança pública, Carlos Corrêa, foi mostrado como era vulnerável o sistema antigo de transmissão de informações entre os órgãos de segurança. A malandragem grampeava a comunicação da polícia, e ainda passavam trotes.

Deixe Seu Comentário abaixo:

Banner Gif Mobile