Banner
Shows transmitidos ao vivo pela internet e sem público presente alcançarão o público em casa.
Cultura

Macapá Verão Online inicia nesta quinta com Estação Lunar

Cleber Barbosa, da Redação

Estácio mobile

A presidente da Fundação de Cultura de Macapá (Fumcult), Marina Beckman, confirmou nesta quinta-feira (20) em entrevista ao LuizMeloEntrevista, na Diário FM (90,9), que haverá uma edição especial do Macapá Verão 2020, mas será virtual, sem público presente, já que as pessoas serão alcançadas em casa por transmissões ao vivo pela Internet.

A abertura da programação está prevista para a noite desta quinta-feira, dia 20, com a já consagrada Estação Lunar. “Trata-se de um projeto que ganhou a aprovação da população, que vai poder acompanhar, de casa, na verdade o Macapá Verão inteiro vai ser assim”, disse ela.
Ainda segundo a dirigente da fundação, as pessoas podem até reunir as suas famílias e os amigos e assistir tudo na comodidade de seus lares, sem incorrer em situações de risco epidemiológico, afinal o Amapá ainda está em período de quarentena.

A programação, diz Marina Beckman, foi preparada com todo o carinho para toda a população, com muitas atrações artísticas, shows musicais, dança, capoeira, marabaixo e muito mais.

Todas as atrações podem ser conferidas em Lives disponibilizadas pelas redes sociais da Prefeitura de Macapá no Facebook e no YouTube. “Os artistas estarão num espaço próprio, um cenário que a gente está preparando, fazendo seus shows com toda a segurança, e a população vai prestigiar de casa”, completou.

Tradição

O Macapá Verão é uma tradicional festa que acontece há mais de 50 anos na capital. E, mesmo com o novo formato, não deixará de ter o mesmo brilho de sempre. O Município preparou uma vasta programação que poderá ser prestigiada de casa. De acordo com Marina Beckman, este é um momento muito esperado, não somente pela população amapaense, mas por todos os artistas. “Em tempos de pandemia, a cultura tem sido muito consumida. Porém, a classe artística também foi muito prejudicada com as medidas de isolamento social. Este é um momento de fomentar a cultura e os artistas, que são trabalhadores e têm oportunidade de mostrar sua produção artística neste evento de grande relevância para a cidade. As famílias e a população terão acesso aos grandes espetáculos, shows e exposição diretamente de suas casas”, disse ela.

Programação do primeiro dia

19h – Exposição de artes Jeriel (artes visuais)

19h – Nani Rodrigues (música)

19h – Tatamirô Grupo de Poesia (literatura)

19h45 – Cássio Pontes (música)

20h30 – Bruno Muniz (literatura)

20h45 – Nivito Guedes (música)

21h – Oneide Bastos (música)

21h30 – Grupo de Marabaixo Tia Sinhá (Marabaixo)

22h – João Amorim (música)

Leia também:

Compartilhe:

Deixe Seu Comentário abaixo:

Banner Gif Mobile