Banner
Cantora Lia Sophia, nos estúdios da Rádio Diário FM, em Macapá | Joelson Palheta
Cultura

Lia Sophia retorna sábado a Macapá com show “Eu me chamo Amazônia”

Diário do Amapá

GOVE  mobile

Com o talento reconhecido no Brasil e no exterior, a amapaense Lia Shopia retorna a Macapá e brinda os conterrâneos com o show “Eu Me Chamo Amazônia”. Entrevistada ao vivo pela bancada do programa LuizMeloEntrevista na manhã de sexta-feira (25), ela falou um pouco sobre a sua trajetória de sucessos e sobre o espetáculo, que acontece neste sábado, na Trina Cervejaria Artesanal, no bairro Beirol.

“Estou feliz demais de estar mais uma vez nesta terra maravilhosa! De igual modo feliz por trazer a este programa um pouco do meu novo disco “Não me provoca”, que tem com participação especial de Ney Matogrosso; o interessante é que cerca de 80% das músicas são de minha autoria, mas conta com os talentos dos consagrados paraenses Carlos Maués e Nana Reis, mas sem que fosse propositalmente surgiram canções que trazem a temática feminina, falando da beleza e da força da mulher; inclusive tem uma faixa, com o título “Ela” que tem a participação do Ney Matogrosso”, detalhou.

Lia Sofia destacou que vai dividir o palco com uma banda local: “A música Eu me chamo Amazônia, que é o nome do show, faz uma comparação da força da mulher com a força da natureza, que na verdade foi o fio condutor para compor o repertório. Esse show nós vamos fazer com uma banda daqui de Macapá, composta pelo Rogerinho no contrabaixo, Paulinho Miúdo na guitarra e Paulinho Queiroga na bateria; são grandes músicos, talentosíssimos”.

Perguntada sobre o que sente por possuir uma carreira de tanto sucesso, a cantora e compositora relembrou o passado: “Na última quarta-feira completei 40 anos e vim a Macapá para comemorar com minha família e os amigos que moram aqui. Olho para trás e lembro a vida sofrida que tivemos; minha mãe e meu pai foram tentar a vida em Caiena (Guiana Francesa), onde passaram momentos dificílimos, inclusive passaram fome com os quatro filhos… Olho pra trás e digo que sou feliz, tenho sucesso, sou agradecida a Deus e é isso que eu mostro para o público; eu sou feliz por ser representante daqui, a Patrícia Bastos também é outra amapaense que tem conseguido espaços maravilhosos lá fora”.

Serviço
Show “Eu Me Chamo Amazônia”, com Lia Sophia
• Local: Trina Cervejaria Artesanal – Jovino Dinoá esquina com Tupis, no Beirol
• Data: 26 de maio
• Hora: 22h
• Mesa: R$ 200,00 (Pode ser comprada compartilhada)
• Individual: R$ 50,00

 

Deixe Seu Comentário abaixo:

Banner Gif Mobile