Banner
Aspecto da concorrida cerimônia na Ueap Rural | Foto: Marcelo Loureiro/GEA
Educação

Campus Rural da UEAP abre curso de agronomia no interior do Amapá

Portal do Agro

Em um dia que se propõe ser histórico, foi aberto oficialmente nesta segunda-feira (25) no município de Amapá (AP) o primeiro curso de engenharia agronômica da Universidade Estadual do Amapá (UEAP), no Campus Região dos Lagos, que compreende os municípios de Amapá, Tartarugalzinho, Calçoene e Pracuúba. Trata-se da primeira experiência em formação universitária rural no Amapá, exatamente em uma região de vocação para a agropecuária.

Diversas autoridades do Estado, como o governador Waldez Góes (PDT), secretários, dirigentes de autarquias e órgãos federais, estaduais e municipais estiveram presentes, assim como representantes da iniciativa privada, como Jesus Pontes, presidente da Associação dos Criadores do Amapá (ACRIAP)  e Daniel Sebben, presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Amapá (Aprosoja-AP).

Um dos grandes entusiastas da medida, o pecuarista Jesus Pontes disse que essa iniciativa do Estado é mais uma que além de trazer um ambiente favorável aos novos empreendimentos no setor, fazem história e ajudam o Amapá a se desenvolver. “Esse é o ponto de equilíbrio entre o papel do poder público e a iniciativa privada, afinal a gente vem fazendo nossa parte, com o apoio público conseguimos escrever uma nova história com a certificação de livre da febre aftosa com vacinação, agora vem essa possibilidade dos 100 primeiros acadêmicos de uma universidade rural, então se descortina um futuro promissor para nossa gente e nossa terra”, disse ele.

O produtor rural Daniel Sebben, que representa com Jesus Pontes a Casa do Agro, confirmou a primeira doação de livros para a Biblioteca da UEAP da Região dos Lagos. “É muito importante a integração entra a Universidade e a iniciativa privada, pois a academia não pode ser vista apenas pela formação acadêmica, mas de profissionais, os futuros técnicos que logo logo estarão atuando junto conosco principalmente na produção agrícola, na agroindústria e, claro na pecuária que é tão tradicional neste município”, disse ele.

O engenheiro agrônomo Iraçu Colares, que preside a Federação de Agricultura e Pecuária do Amapá (FAEAP), é natural do município de Amapá e um dos pioneiros do setor. Coube a ele proferir a aula magna que marca o início das atividades do Campus Região dos Lagos da UEAP. “Para mim é uma honra ser convidado para essa palestra inaugural, pois passa um filme na minha cabeça, afinal no passado eu e os demais técnicos que o Amapá precisava tínhamos de ir para fora do estado buscar a formação superior e isso agora é uma realidade no Amapá”, disse ele.

Deixe Seu Comentário abaixo: