Banner
O médico e deputado estadual Antônio Furlan (PTB), ex candidato a presidente da ALAP | Foto: Gerson Barbosa
Política

Dr. Furlan desiste da disputa pela presidência da Assembleia Legislativa

Cleber Barbosa, da Redação

Estácio mobile

O deputado estadual Dr. Furlan (PTB) anunciou por meio de nota sua desistência de concorrer à eleição para a Presidência da Assembleia Legislativa do Amapá (ALAP). Segundo o comunicado distribuído agora há pouco por meio de Nota de esclarecimento, o motivo teria sido não conseguir adesão de seus pares para a formação de uma chapa completa – com sete parlamentares – para inscrição no pleito marcado para às 15 horas desta terça-feira.
Ainda segundo o comunicado, o médico e deputado se diz satisfeito com a mobilização e o apoio recebido dos mais diversos segmentos da sociedade. “Mas reforça o compromisso por um Poder Legislativo transparente e forte, voltados aos interesses da população amapaense”, manifesta-se Dr. Furlan.
No documento, assinado além dele pelos deputados Diogo Sênior, Telma Nery e Júnior Favacho, o grupo reafirma as propostas pela redução, em 20% no orçamento da Assembleia, valor este que querem que seja destinado à saúde, bem como o fim da reeleição para o cargo de presidente da ALAP,  arealização do concurso público na casa de leis, o fortalecimento da Escola do Legislativo e a aprovação do orçamento impositivo, onde o deputado poderá determinar a destinação de até R$ 1 milhão anual, em prol da população amapaense.

Agenda

A eleição dos cargos da Mesa Diretora é o único item da pauta da sessão desta quinta-feira, no Plenário Provisório da ALAP, no Centro de Convenções João Batista de Azevedo Picanço, às 15 horas. Na quarta-feira acontecerá a abertura do Ano Legislativo, com a leitura da mensagem do chefe do Poder Executivo ao Parlamento Estadual. É aguardada a presença do governador Waldez Góes (PDT) no evento.

A primeira sessão deliberativa está confirmada para a quinta-feira, dia 07, às 9h30, quando finalmente pode-se dizer que começam os trabalhos legislativos, votações e demais discussões sobre o Estado.

 

Deixe Seu Comentário abaixo: