Banner
Opinião

Notas da coluna ARGUMENTOS, terça-feira, dia 08 de maio de 2018

Santana

As obras de mobilidade urbana que o Governo do Estado está promovendo em vários municípios anuncia mudanças importantes no trânsito de Santana. Algumas ruas até então com mão dupla passarão nos próximos dias a ter mão única. É o sistema binário.

 

Cidade

Mas não há motivos para preocupações, pois segundo comunicado da Setrap, haverá intensa campanha de orientação e esclarecimento a motoristas – e pedestres – sobre as novas regras de circulação por lá.

 

Interior

Enquanto isso, a intensidade das chuvas que caem especialmente no interior do estado tem atingido diretamente a Rodovia AP-70, próximo ao município de Cutias do Araguari, a 135 quilômetros de Macapá.

 

Lama

O trecho de terra é um desafio para os condutores, que, ao longo de 65 quilômetros, se deparam com buracos, lama e atoleiros. As viagens, segundo afirmam, chegam a demorar três vezes mais que o normal.

 

Disputa

Não é só a política partidária que agita o Amapá. Na Unifap a sucessão na Reitoria também movimenta os bastidores da Academia. Superti, a atual reitora, fala de cadeira o pepino que é administrar o Campus…

 

Panamá

A moderna Cidade do Panamá, na América Central, é a sede do 34º Congresso Mundial da Associação Náutica Internacional (Pianc). O vice-presidente Mundial da Praticagem, Ricardo Falcão, representa o Amapá no evento. Ele é o dirigente da Bacia Amazônica Práticos, em Macapá, e promete aquecer o mercado.

 

Internet

Vaneza Ferreira, youtuber brasileira que mantém em seu site uma central de dicas para quem tenta ‘fazer a França’ na Guiana, postou ontem um apelo para a manutenção do canal. É que a empresa mudou as regras e ela precisa de 1 mil inscritos para manter as contas em dia. Passe lá e ajude a moça!

 

Conselheira

Vaneza nasceu na Guiana Francesa, mas é filha de pais brasileiros. Ela passa uns dias do lado de cá do Rio Oiapoque, em Vila Vitória, aproveitando para atualizar as valiosas dicas sobre como conseguir se regularizar em território francês e buscar uma colocação no mercado de trabalho. Ela também fala sobre preconceito.

 

Nação

Em uma mensagem dirigida à comunidade internacional, a ativista brasileira esclarece que não existe movimento por independência em Caiena, mas sim por mais autonomia para a comunidade local, definindo os recursos enviados de Paris. Mais no Blog www.cleberbarbosa.net.

 

Deixe Seu Comentário abaixo: