Banner
Opinião

Notas da coluna ARGUMENTOS, sexta-feira, dia 20 de abril de 2018

Família

O IBGE divulgou ontem o estudo “Outras Formas de Trabalho 2017”, com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Contínua). Indicam a existência de uma grande diferença nas taxas de afazeres domésticos entre homens e mulheres.

 

Trabalho

Enquanto 91,7% das mulheres faziam essas atividades, a proporção era de 76,4% entre os homens no mesmo período – uma diferença de 15,3 pontos percentuais. O percentual caiu em relação a 2016.

 

Mercado

No ano passado, houve aumento da taxa de afazeres domésticos, mas com maior intensidade entre os homens, cujo crescimento foi de 4,5 pontos percentuais. Com a crise, os homens passaram a ajudar mais nos ‘afazeres’.

 

Concurso

Novos concursos públicos foram anunciados por Waldez. Irão preencher vagas na Fundação da Criança e do Adolescente (Fcria), Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) e Grupo Gestão.

 

Edital

O governador criou as comissões do concurso, que devem começar a se reunir o mais rápido possível para dar andamento aos processos de cada certame, sob a coordenação da Secretaria da Administração.

 

Agro

O projeto chamado “Campo Futuro” da Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária percorreu propriedades rurais no interior do Amapá (foto) para conhecer melhor a pujança do mercado do agronegócio por aqui. Pessoal de Brasília que veio aqui saiu até bem impressionado com o que ouviu dos produtores.

 

Evento

O presidente da Fundação Cultural Palmares (FCP), Erivaldo Oliveira, apresentou a III Virada Cultural Afro no Amapá a empreendedores e grupos culturais dos municípios de Santana e Mazagão, com um baita orgulho deste feito inédito no país. O evento será em Santana, nos dias 22, 23 e 24 de junho.

 

Apoio

O governador Waldez empenha todo o apoio institucional na execução do projeto. Também participaram do evento os prefeitos das duas cidades, Ofirney Sadala (Santana) e João da Silva Costa (Mazagão). No encontro, Erivaldo falou ao público sobre os benefícios trazidos pela Virada Cultural Afro.

 

Recursos

O deputado Marcos Reátegui, que com suas emendas parlamentares garante o financeiro do mega evento, diz que a programação reúne também capacitações em gestão e feiras que permitem a venda dos produtos dos quilombolas e dos chamados afro-empreendedores.

 

Deixe Seu Comentário abaixo: