Banner
Intervenção no município vai alterar o sentido das vias paralelas de mão dupla, para ruas com sentido único
Amapá

Mobilidade: Setrap anuncia mudanças no trânsito de Santana

O Governo do Amapá está finalizando as obras de mobilidade urbana em Santana, segundo maior município do Estado, com a implantação da sinalização vertical e horizontal e também do sistema binário, que vai alterar o sentido das vias paralelas de mão dupla, para ruas com um único sentido, dando mais segurança à população e fluidez ao trânsito.

São 10 vias que vão sofrer modificações no sentido, onde também serão implantados 12 semáforos em cruzamentos estratégicos. O plano está sendo executado pelas Secretarias de Desenvolvimento das Cidades (SDC), Transporte (Setrap) e pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran/AP).

O diretor-presidente do Detran, Inácio Maciel, afirma que o ordenamento do trânsito beneficia a todos. “Isso vai melhorar a qualidade de vida da cidade inteira. Com a organização das vias, além de ordenar o fluxo de veículos, vamos diminuir o índice de acidentes”, reforça Maciel.

A obra, orçada em R$ 38 milhões, contemplou 23 km de ruas e avenidas. Serão cinco sistemas binários implantados. A Avenida Castelo Branco, passa a ser via de mão única, em paralelo com a Avenida 7 de setembro; a Avenida Princesa Izabel, se torna mão única em paralelo com a Avenida das Nações; a Rua Presidente Tancredo Neves e a Rua Presidente Manoel Deodoro da Fonseca formarão outro binário; as ruas Euclides Rodrigues e Adálvaro Cavalcante se tornam de mão única, e a Rua Salvador Diniz vai desafogar o fluxo com a Rua Presidente Costa e Silva.

De acordo com o engenheiro de infraestrutura do Detran, Carlos Absalão, o novo sistema vai contribuir para o desenvolvimento do município, por conta do aumento do fluxo em vias que não são muito utilizadas. “Além de melhorar a fluidez do trânsito, o centro comercial de Santana será expandido, porque o binário vai modificar o sentido da Salvador Diniz, fazendo com que os empreendedores tenham oportunidade de abrir negócios em outras ruas, onde naturalmente aumentará o fluxo de pessoas e veículos”, ressalta o engenheiro.

 

Campanhas

Para que a implantação tenha o resultado desejado, o Detran/AP e a Superintendência de Transporte e Trânsito e de Santana (Sttrans) farão ações de conscientização e educação no trânsito, com o intuito de evitar infrações e acidentes após as alterações nas vias. O gerente do Núcleo de Engenharia do Detran, Luiz Henrique Duarte, destaca a importância dessas mudanças para o trânsito futuramente. “O estudo é baseado no crescimento demográfico de Santana, daqui a alguns anos esse novo sistema vai surtir o efeito desejado, por conta do aumento do fluxo de veículos, ciclistas e pedestres”, explica Duarte.

O Plano de Mobilidade Urbana de Santana está sendo executado desde 2015 e contempla os serviços de terraplenagem, drenagem, pavimentação, ciclovia e sinalização horizontal e vertical de 16 perímetros entre ruas e avenidas da cidade, além da implantação de 12 semáforos nas ruas que receberão o sistema binário. A previsão para conclusão de 100% das obras é para o segundo semestre deste ano.

 

Deixe Seu Comentário abaixo: