Banner
Ivana Cei é promotora de Justiça e será a chefe do MP-AP de 2019 a 2021
Amapá

Ivana Cei escolhida por Waldez para comandar Ministério Público

O governador do Amapá Waldez Góes, nomeou nesta sexta-feira, 21, a promotora de Justiça Ivana Lúcia Franco Cei, para o cargo de procuradora-geral de justiça do Ministério Público do Amapá.

A escolha foi feita a partir da lista de dois nomes, eleitos por votação pelos próprios membros do Ministério Público, composta também pelo procurador de justiça Márcio Augusto Alves.

O mandato da nova procuradora-geral de Justiça terá duração de dois anos, no biênio 2019/2021.

Perfil Ivana Cei

Em 2011, foi eleita pela primeira vez para ocupar o cargo de Procuradora-Geral de Justiça do Ministério Público do Amapá, para o período 2011 a 2013, sendo reconduzida para o biênio 2013 a 2015. Segunda mulher a assumir a função de PGJ.

É titular da Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente e conflitos Agrários (Prodemac), coordenadora do Centro de Apoio Operacional Ambiental (CAOPAmbiental) e secretária-geral do MP-AP. Ivana Cei ingressou no MP-AP após sua aprovação no primeiro concurso para promotor de Justiça da instituição. Com a posse no dia 1º de novembro de 1991, logo recebeu a sua primeira designação: município de Oiapoque. Mas nem chegou a se deslocar para a região, pois com a promoção dos primeiros aprovados no concurso para as vagas de procuradores de Justiça, ela foi transferida para o município de Santana e, após de seis meses, retornou a Macapá.

Doutoranda em Direito pela Universidade John F. Kennedy em convênio com o Instituto de Educação Superior Latino-americano-IESLA. Buenos Aires- Argentina, é Mestre em Direito Ambiental e Políticas Públicas pela Universidade Federal do Amapá (UNIFAP). Ivana Cei é Bacharel em Direito, pelo Centro de Estudos Superiores do Estado do Pará (CESEP/1984) e Pós-Graduada Lato Sensu em Direito Civil e Processual Civil pela Fundação Getúlio Vargas ; Pós-Graduada Lato Sensu/Especialização em Direito Penal e Processo Penal pela Universidade Estácio de Sá (15/09/2000 a 08/12/2001); Pós-Graduada Lato Sensu em Direito Ambiental e Políticas Públicas Modalidade a Distância, em junho 2006, e demais cursos nas diversas áreas do direito em âmbito nacional e internacional, 1984 a 2008. Foi presidente da OAB Mulher, Secção Amapá.

 

Deixe Seu Comentário abaixo: