Banner
Em nota, a Latam diz que não houve qualquer impacto para segurança da aeronave e de seus passageiros | Web
Turismo

Avião da Latam sofre pane elétrica e companhia nega riscos à segurança

Cleber Barbosa, da Redação

O voo da Latam que decolou nesta madrugada de Brasília a Macapá registrou um susto para os passageiros, pouco antes da partida. Foi uma pane elétrica que provocou um apagão a bordo, provocado por uma queda de energia. Para quem entende de aviação trata-se de um problema até rotineiro, que leva inclusive à utilização de força auxiliar, mas para leigos, claro, fica sempre mais difícil compreender. Nas redes sociais muito “disse me disse” e até num dos principais jornais da capital federal, como o Correio Braziliense, sobrou até a alegação de que foi preciso fazer uma “chupeta” para fazer a aeronave funcionar.

A reportagem entrou em contato com a assessoria da LATAM Airlines Brasil, que em nota enviada à redação de CleberBarbosa.Net esclareceu que não houve “pane elétrica” no voo LA3528 (Brasília-Macapá). “A companhia informa que a aeronave passou por uma queda momentânea de energia antes do acionamento dos motores, ainda em solo, sem qualquer impacto para a segurança da aeronave e de seus passageiros”, sustenta a companhia no documento.

Ainda de acordo com o posicionamento da Latam, após o restabelecimento da energia, o voo decolou normalmente à 1h30 de hoje (27), pousando normalmente no destino final às 3h50. Por fim, a companhia ratifica que realiza manutenções preventivas em todas as suas aeronaves, reiterando que a segurança é “um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura”, completa a nota da empresa.

Acompanhe vídeo feito por uma passageira que desistiu de continuar no voo

A atual titular da Secretaria Extraordinária da Representação do Amapá em Brasília, Sueli Colares, estava no voo da Latam que viria a Macapá e chegou a fazer um vídeo sobre a situação a bordo. Mesmo diante das informações repassadas pela tripulação de que toda a operação era considerada uma rotina contornável, ela e outros cinco passageiros passaram mal e precisaram de atendimento médico, além de desistirem de continuar no voo. Sueli só embarca para o Amapá na noite desta quarta-feira, pois amanhã participa do Fórum dos Governadores da Amazônia, em Macapá.

 

 

Deixe Seu Comentário abaixo: