Banner
Foto da primeira diretoria eleita para a Federação dos Transportes do Amapá | Foto: Divulgação
Economia

Amapá funda sua primeira Federação Estadual do Transporte

Uma assembleia histórica no fim da tarde desta segunda-feira (23), no auditório da Associação Comercial e Industrial do Amapá (ACIA) reuniu diversos empreendedores, profissionais liberais e destacadas lideranças do comércio local para a instalação e posse da primeira diretoria da Federação de Transporte do Amapá, iniciativa que ocorre num momento considerado oportuno, que é passar a discutir políticas de transporte terrestre, ferroviário e aquático.

Hoje, o setor de transporte é um dos que mais emprega dentro do Estado e é um argumento que precisa planejar ações de capacitação para os profissionais através do Sistema SEST/SENAT. “O Amapá era um dos poucos estados do Brasil que não tinha sua federação, sendo administrado pela Federação do Estado do Amazonas”, diz o empresário Vantuíler Chaves Leite Júnior, eleito hoje o primeiro presidente da entidade.

Outro experiente empresário amapaense, Jaime Domingues Nunes, foi eleito para a vice-presidência da nova entidade, mas entre os demais cargos na diretoria e conselho fiscal existem nomes como Eliezir Viterbino, Bruno Cei, Paulo Melém, Paulo Dartora, Pierre Alcolumbre, Décio Melo, Glauco Cei, Josmar Chaves, entre outros, assim como ex gestores públicos conhecidos, Osvaldo Júnior (EMTU) e Jorge Amanajás (SETRAP).

 

SEST/SENAT

O Serviço Social do Transporte (SEST) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT) são entidades civis, sem fins lucrativos. Elas foram criadas em 14 de setembro de 1993, pela Lei 8.706, a partir de um processo de conscientização do setor e de entidades sindicais. ​As entidades têm se firmado como substanciais colaboradoras para o desenvolvimento do setor de transporte do país, atuando na formação e na qualificação de profissionais para o mercado, aptos às novas tecnologias e às complexas formas de trabalho. Para a preparação, a promoção do emprego e renda e, acima de tudo, o sucesso profissional dos trabalhadores, as entidades oferecem cursos e serviços especializados, garantindo maior capacitação e acesso ao mercado de trabalho.

 

Deixe Seu Comentário abaixo: