Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


domingo, 7 de janeiro de 2018

TURISMO | Transatlântico alemão 'Albatros' abre temporada de cruzeiros para o Amapá

Uma recepção digna dos mais autênticos valores tucujus foi preparada para este domingo em Macapá, para a chegada de um grupo de 600 passageiros de várias partes do mundo. Eles irão conhecer pontos turísticos locais.
Cleber Barbosa
Da Redação

Está aberta a temporada de cruzeiros, claro, afinal estamos na alta estação para quem está abaixo da Linha do Equador. E o Amapá se credencia a receber esses gigantes dos mares, se colocando como um destino amazônico, uma primeira escala para quem decide visitar o Brasil e em particular a Amazônia. Neste domingo, chega o primeiro transatlântico, vindo do Caribe. Trata-se do navio “Albratros” de bandeira alemã, mas que traz um grupo aproximadamente 600 turistas de vários países.
A recepção foi preparada com todo o esmero possível, afinal, a operação está sendo considerada um recomeço, para não dizer uma segunda chance para Macapá se consolidar como uma boa escala em terra para esses turistas internacionais em viagem pelo mundo.
Para o turismólogo amapaense Sandro Bello, essa nova empreitada tem tudo para emplacar de vez. “Tivemos outras experiências muito boas, como na temporada de 2009 para 2010, quando o Amapá chegou a receber nove navios transatlânticos, então agora todos estão muito mais experientes para manter a pegada e atrair cada vez mais viajantes”, diz o especialista, que já foi diretor de planejamento da Secretaria Estadual do Turismo (Setur).

Empreendedores
A comercialização de artesanato neste fim de semana, em Macapá, promete aquecer com a visita desse contingente de turistas internacionais à cidade. O grupo desembarca pela manhã em frente à Praia da Fazendinha, no cais da Praticagem, quando deverá ser recebido com dança de Marabaixo e todo o calor humano de uma acolhida genuinamente tucuju. De olho no fechamento de boas vendas, o governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho e Empreendedorismo (Sete), fará uma Feira de Artesanato em frente ao prédio da Casa do Artesão, na praça Beira-Rio.
Os turistas vão realizar, das 8h às 14h, um city tour pelos principais pontos turísticos de Macapá. Entre eles, o Monumento Marco Zero do Equador, Museu Fortaleza de São José de Macapá, anexos da Casa do Artesão e Museu Sacaca. Na visita ao Monumento Marco Zero do Equador e Museu Sacaca, os turistas também terão a oportunidade de conhecer um pouco mais da riqueza, variedade e qualidade do artesanato amapaense, pois, nestes locais, funcionam anexos da Casa do Artesão. São mais de 30 mil peças em madeira, fibra, cipó, argila, cerâmica mineralizada, sementes, etc., que retratam a regionalidade local.

Será um grande ‘teste’ para o Trade Turístico, diz especialista
A passagem do navio de cruzeiro pelo Amapá é uma articulação da empresa Cunani Turismo, que tem à frente o empresário e guia de turismo Sandro Borges. O trabalho para captação destes viagens internacionais requer muito antecedência e articulação, segundo especialista ouvido pelo Diário do Amapá. “A empresa iniciou esse diálogo junto ao Operador Nacional, que fez questão de que fosse acionado o operador paraense João Ribeiro, que está entre nós e que pode representar um divisor de águas para os receptivos a navios de cruzeiro por aqui, pois estará observando e dando sugestões para que tudo ocorra dentro do esperado”, diz Sandro Bello.
Pela programação deste domingo, o Governo do Estado dará o apoio logístico de segurança por meio da Polícia Militar, além disso, as Secretarias do Trabalho e Empreendedorismo (Sete) e de Turismo (Setur) ficarão responsáveis pelo apoio ao receptivo e também envolvidos na articulação dos serviços de intérpretes. “Será um grande teste para o Trade Turístico local, pois há muito que se espera pelo incremento dessas viagens de navios transatlânticos passando pelo Amapá”, conclui.

Força do setor vira estudo científico no país e o torna mais competitivo
O transatlântico Albratros virá do Caribe e permanece em águas amapaenses até às 15 horas. Segue viagem até o Maranhão e depois ao Rio de Janeiro. Tem sido observado que o Amapá poderá incrementar de fato o receptivo a essas viagens de cruzeiro pelo fato de Belém, aqui do lado, estar voltada mais ao segmento do turismo de eventos, desde a inauguração do maior Centro de Convenções da Amazônia, o Hangar. Desde então, a região da Amazônia Ocidental, como foco em Santarém, tem assumido esse protagonismo com transatlânticos.

Estudos científicos
A indústria de cruzeiros marítimos tem apresentado os maiores índices de crescimento do turismo. Oferecendo melhores e maiores opções, num panorama que cria um novo mercado de trabalho e de estudo para agentes de viagem e estudantes de graduação e pós-graduação dos cursos de Turismo e Hotelaria. Segundo o pesquisador Ricardo Amaral, os cruzeiros marítimos contextualizam a importância dos agentes de viagem como fonte de consulta e orientação, conquistando e finalizando clientes. Inteiramente dedicado ao estudo acadêmico e sistemático sobre cruzeiros marítimos, o trabalho deste professor é considerado pioneiro e já em sua primeira edição de “Cruzeiros Marítimos”, conquistou merecido sucesso, com uma perspectiva de aumento na oferta de cruzeiros pela costa brasileira e diante da iminente realização da maior temporada de verão de todos os tempos no Brasil, desenhando o cenário ideal para o lançamento de uma segunda edição acrescida de mais importantes informações, e preencher a lacuna de universo tão carente de referências bibliográficas sobre o segmento de Cruzeiro.

CURIOSIDADES
– A temporada de cruzeiros é aberta em novembro. Esta modalidade de viagem está se tornando mais popular que nunca: mais de 400 mil brasileiros devem embarcar em um cruzeiro durante a temporada 2017/2018.
– O champagne é a bebida oficialmente utilizada os batismos dos cruzeiros, uma tradicional cerimônia que acontece antes da primeira viagem do navio.
– O veleiro Sea Cloud, com 86 anos de idade, é o mais antigo cruzeiro em atividade.
26 milhões
Número de passeiros de cruzeiro por ano.

NA PROA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE