Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


quarta-feira, 29 de novembro de 2017

POLÍTICA | Ex candidato ao GEA, Bruno Mineiro segue lacônico sobre futuro político

As andanças e cafés da tarde do ex candidato ao Setentrião Bruno Mineiro | Arte: Bruno Gabriel
Um dos mais atuantes parlamentares da Legislatura passada na Assembleia Legislativa, o ex deputado estadual Bruno Mineiro (Avante) segue sem dar muitas pistas sobre seu futuro político. Ele não concorreu à reeleição – dada como certa – para entrar na disputa pelo Governo do Estado em 2014, beliscando entrar no segundo turno. Ele tinha acabado de deixar a Secretaria Estadual dos Transportes, na administração do PSB, mas manteve-se equidistante de querelas políticas e tentou se viabilizar como uma terceira via.
Bruno tem muito trânsito junto à imprensa local e vez por outra tem aparições na mídia, porém sempre despistando sobre para qual cargo deve concorrer nas eleições deste ano. Os mais próximos, aconselham a retomar a carreira parlamentar, na Assembleia Legislativa, mas outras lideranças ligadas a ele sonham com a Câmara Federal e outros ainda mais empolgados que entre novamente na disputa pelo Setentrião. Ele desconversa.

Engenheiro
Desde então Bruno Mineiro segue a vida tocando a administração dos negócios da família, entre elas uma de suas grandes paixões e para a qual preparou-se a vida toda: ser um tocador de obras. Graduou-se em Engenharia Civil pela Fundação Mineira de Educação e Cultura, em 2002. Começou a atuar profissionalmente em uma empresa do ramo da construção civil, tanto na iniciativa privada como com obras públicas, entre elas importantes prédios públicos como escolas pelo interior do estado e também estádios de futebol como o Queirogão, no Jari. Tornou-se popular e decidiu seguir os caminhos do pai, Altamir Rezende, que foi prefeito de Tartarugalzinho. Foi eleito em 2010 deputado estadual, pelo PT do B, com 7.499 votos.

Cafés
Mas Bruno não desliga da política. Em sua casa, em Macapá, existe um café interminável em que gente de todas as matizes frequentam. De amarelos a zuis, passando por verdes e vermelhos, todo mundo gosta de levar um dedo de prosa com ele. Quando não recebe personalidades da política em casa vai ao encontro delas, em viagens pelo interior do estado, nas prefeituras, câmaras municipais, sindicatos e muitos, muitos campos de futebol – em que pese jogar uma bolinha bem quadrada...
De qualquer forma, Bruno Mineiro se credencia com sua conversa conciliatória e seu indefectível sorriso a disputar qualquer cargo público no Amapá, uma oxigenação na política que, convenhamos, é sempre salutar.

O editor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE