Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


sábado, 4 de novembro de 2017

POLÍCIA | Emoção, dor e homenagens nos funerais do policial rodoviário morto no Jari

O carro da funerária e o caixão do policial federal deixam a sede da PRF em Macapá | Fotos: Bruce Barbosa/CB
Cleber Barbosa
Da Redação

Um misto de emoção, dor e revolta marca neste sábado as despedidas ao policial rodoviário federal Paulo Barbosa, que foi assassinado a tiros no município de Laranjal do Jari, no sul do Amapá, na noite da última quinta-feira, horas depois de largar o plantão na PRF em Macapá. O caixão com o corpo do patrulheiro rodoviário deixou a sede da Polícia Rodoviária Federal, no bairro de São Lázaro, por volta das 10 horas da manhã, em meio a um grande contingente de policiais federais e estaduais, militares e civis. Pessoas do povo, espontaneamente, aplaudiam o cortejo.
A dona de casa Maria de Fátima Giarolla, 47, não conteve as lágrimas e acenava como que se despedindo do policial. "A gente sabe que todos os profissionais da segurança que saem de casa todos os dias e infelizmente não têm certeza se vão voltar para suas casas, para suas famílias, então imagino a dor de seus familiares e amigos", disse ela.

Confira mais imagens das despedidas ao policial Paulo Barbosa
Policiais militares de vários batalhões renderam homenagens ao policial Paulo Barbosa

Pessoas do povo se emocionam e também se despedem em nome da sociedade local

Um carro aberto do Corpo de Bombeiros transporta a urna fúnebre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE