Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


quarta-feira, 8 de novembro de 2017

AMAPÁ | Mulheres de Amapá, Calçoene e Pracuúba são capacitadas para empreender

No município de Amapá 146 mulheres foram capacitadas para empreender.  A atividade faz parte do projeto Caminho Empreendedor, realizado pela Frente Parlamentar em Defesa do Empreendedorismo, Cooperativismo e Economia Solidária (Fecesap) e ocorreu nesta terça-feira, 7. Moradoras dos municípios de Calçoene e Pracuúba também participaram.
O projeto está percorrendo todo o Estado com palestras e oficinas sobre empreendedorismo e objetiva o incentivo ao segmento e a valorização feminina. Por meio das atividades as participantes aprendem a iniciar um negócio, como ter acesso a linhas de financiamentos e a ampliar um empreendimento. "É um espaço onde mostramos os caminhos possíveis para essas mulheres percorrerem. Quais órgãos devem procurar e o que precisam para crescerem no empreendedorismo", explicou a deputada estadual Marilia Góes, que  preside a Fecesap.
A agricultora Amélia Mota, de 45 anos, participou da ação e descobriu que os produtos que atualmente ela comercializa na feira podem gerar uma renda maior se também forem comercializados em um espaço próprio. “Quero montar uma banca de verduras para vender o que estou produzindo e assim aumentar a minha renda”, informou.
 Raquel Coelho é servidora pública de Calçoene, mas realiza alguns trabalhos extras para aumentar a renda da família.  Na oficina aprendeu que precisa estudar o mercado que pretende atuar e identificou que no município o ramo de decoração de eventos é rentável. Após isso, decidiu investir no empreendimento. “Faço alguns trabalhos e agora quero investir para atuar nesse mercado. Com o financiamento posso adquirir equipamentos e materiais para decoração”, disse.
O Caminho Empreendedor atendeu ainda mulheres que buscam no empreendedorismo uma oportunidade, é o caso da jovem Alana Penha, que mora em Pracuúba, desempregada viu no projeto a chance de começar a empreender e ter sua própria renda. “Não estou empregada, então decidi vender roupas para ter minha renda. É uma alternativa para ter minha independência financeira”, explicou.

Fecesap

A Frente Parlamentar em Defesa do Empreendedorismo, Cooperativismo e Economia Solidária (Fecesap), instalada pela Resolução nº 0018, objetiva atuar no fomento da economia e fortalecimento de projetos desses segmentos. A Fecesap é presidida pela deputada estadual Marilia Góes (PDT) e constituída pelas deputadas estaduais Aparecida Salomão (PSD), Edna Auzier (PSD), Janete Tavares (PSC) e o deputado Max da AABB (SDD).

Texto: Anne Santos | Fotos: Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE