Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


sexta-feira, 13 de outubro de 2017

SAÚDE | Saiba como será a unidade do Amapá do Hospital do Câncer de Barretos

O Governo do Estado do Amapá obteve da Secretaria de Patrimônio da União (SPU) a autorização de doação do terreno para a construção da Unidade Fixa de Prevenção do Hospital do Câncer de Barretos. A doação havia sido solicitada oficialmente pelo governador Waldez Góes em janeiro deste ano.
O terreno para a construção da unidade fica em uma área de três hectares na Rodovia Norte-Sul. A localização é privilegiada para o acesso da carreta de diagnóstico itinerante (também inclusa no projeto) aos municípios de Mazagão e Santana, via Rodovia AP-440, e aos demais municípios pela BR-156 e BR-210.
O oncologista Raphael Luiz Haikel Junior, responsável pelas unidades móveis de diagnósticos do HCB, ressalta que o uso dessas unidades no rastreamento do câncer de mama e na realização dos exames de mamografia é muito importante, hoje o câncer de mama é um dos tipos mais comuns entre as mulheres brasileiras.
“Levar o acesso às populações mais distantes e de cidades menores e as mulheres dessas regiões, vai proporcionar o acesso a um exame de qualidade e com isso o diagnóstico mais rápido, podendo ter a cura. Sabemos que o câncer de mama, quando diagnosticado precocemente tem até 98% de chances de cura, então para a comunidade e toda a população isso é de grande importância”, disse.
Engenheiros do HCB estiveram em Macapá e em tratativas com o GEA obtiveram as autorizações do Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Amapá (Imap), Secretaria de Transportes do Estado do Amapá (Setrap) e Secretaria de Infraestrutura do Amapá (Seinf) que permitem o início das obras.
Início
No próximo dia 18, o engenheiro do HCB, Gustavo Ruza, chega ao Amapá para contratação de mão de obra local e empresas para prestação de serviços e dar início às obras de construção da unidade.
O tempo previsto para término das obras é de oito a doze meses após o início. Os recursos já estão disponíveis, ao todo serão investidos R$ 21,4 milhões para a construção e compra de equipamentos. Por meio de uma articulação do governo com a bancada federal, todos os onze parlamentares destinaram recursos através de emendas individuais.
A gestão estadual tem buscado no HCB alternativas para garantir a assistência à população do Estado. As tratativas começaram a ser estabelecida após visitas técnicas de gestores da saúde a Barretos no primeiro semestre de 2015 e foi fortalecida após a ida de parlamentares na unidade, no interior de São Paulo.
Segundo secretário de saúde Gastão Calandrini, a Unidade de Prevenção vai atuar junto com as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que são a porta de entrada desses pacientes na rede hospitalar. “Esses pacientes serão encaminhados através das UBSs e no momento em que o câncer for detectado eles entram na rede estadual para o tratamento. É uma rede completa de prevenção, diagnóstico e tratamento”.

Unidade de Prevenção
Quando a Unidade de Prevenção estiver pronta, no caso de um diagnóstico positivo, o paciente será encaminhado para Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) para fazer o tratamento.
A articulação do GEA com a bancada e com o Ministério da Saúde também prevê a implantação do serviço de radioterapia. Quando o sistema de atendimento contra o câncer estiver completo, com a Unidade de Prevenção de Barretos, a nova Unacon e o tratamento de radioterapia, além de vidas salvas, os custos com o Programa Tratamento Fora de Domicílio (PTFD) serão reduzidos.

Por: Claudia Cavalcanti/Secom/GEA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE