Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


segunda-feira, 30 de outubro de 2017

POLÍTICA | Deputado Cabuçu destina R$ 5 milhões para centros de assistência social

Mais de R$ 5 milhões foram destinados para a construção de Centros de Assistência Social em municípios do Amapá. O recurso extraorçamentário é do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) e contempla Macapá, Santana, Laranjal do Jari, Oiapoque, Amapá e Cutias. As prefeituras são as responsáveis pela execução da destinação.

Do total, R$ 2.910.000,00 são para quatro Centros de Referência em Assistência Social (CRAS), que serão construídos em Macapá, Cutias, Laranjal do Jari e Santana. O CRAS é a porta de entrada da assistência social, com o objetivo de fortalecer a convivência com a família e com a comunidade.

Aos municípios de Oiapoque, Amapá e também Santana o valor é de R$ 1.250.000,00 para a construção de Centros de Referência Especializada em Assistência Social (CREAS). Esse centro atende famílias e pessoas em situação de risco social ou que tiveram seus direitos violados.

O município de Santana está contemplado com os dois centros, somando para a cidade R$ 800 mil. Além desses recursos, mais R$ 848.000,00 foram destinados para a aquisição de equipamentos para o atendimento nos centros, como veículos, computadores e mobília.

Segundo o deputado Cabuçu (PMDB), o atendimento social ajudará os municípios do Amapá a garantirem atendimentos prioritários. “Os centros cumprirão um papel fundamental no cuidado ao cidadão, com um novo espaço onde crianças, jovens e adultos poderão ter serviços que muitas vezes não chegam à população”, disse o parlamentar amapaense, que buscou os recursos no Ministério.

O público de cada centro
O Cras oferta o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif) e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). No Cras, os cidadãos também são orientados sobre os benefícios assistenciais e podem ser inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

A unidade do Creas deve, obrigatoriamente, ofertar o Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEFI), podendo ofertar outros serviços, como Abordagem Social e Serviço para Pessoas com Deficiência, Idosas e suas famílias. É unidade de oferta ainda do serviço de Medidas Socioeducativas em Meio Aberto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE