Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


segunda-feira, 16 de outubro de 2017

OAB quer definir 6 de janeiro como data para conscientização sobre segurança aquaviária.

O radialista Ivo Cannuty entrevista os representantes da Comissão da OAB-AP
A recém criada Comissão de Direito Marítimo, Portuário e Aduaneiro da OAB-AP (Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Amapá) já começa sua atuação promovendo uma ampla discussão a respeito da necessidade de toda a sociedade participar da segurança da navegação. Uma lei estadual proposta por esse colegiado deverá ser votada na próxima terça-feira, dia 17, no Parlamento Estadual e quer transformar o dia 6 de janeiro – dia do naufrágio do Barco Novo Amapá – como Dia Estadual de Conscientização da Segurança da Navegação.
Advogado Luiz Ricardo Carvalho, da OAB-AP

Debate
O presidente da Comissão é o advogado Luiz Ricardo Carvalho, que também é oficial da reserva da Marinha do Brasil. Ele esteve no rádio nesta segunda-feira (16) falando a respeito do tema no programa Ensaio Geral, do radialista Ivo Cannuty, ocasião em que conclamou os familiares das vítimas do maior naufrágio da Amazônia, ocorrido em 6 de janeiro de 1981, a participarem das homenagens às vítimas e a votação da nova lei estadual. Quem também integra a Comissão é o advogado amapaense José Souza, que igualmente é oficial da reserva da marinha, compareceu ao programa na Diário FM.
O advogado também destacou a necessidade dessa discussão envolver a todos os segmentos da sociedade, visto que o Amapá tem essa vocação hidroviária, por abrigar a maior bacia hidrográfica do mundo, a do Amazonas. “Queremos todos participando desse debate, desde os construtores navais, os empresários que costumam locar embarcações, as autoridades e, claro as pessoas que dependem dos transporte aquaviário”, diz ele.

A sessão da Assembleia Legislativa que deverá apreciar a proposta está marcada para amanhã, às 9h30 no Plenário Deputado Dalto Martins. O próprio presidente da AL, deputado Kaká Barbosa, avocou para si a autoria do projeto oriundo da OAB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE