Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


sábado, 21 de outubro de 2017

NEGÓCIOS | Idealizador do Porto Norte Brasil se diz confiante na viabilidade do projeto

O especialista Manoel Sales mostra o arrojado projeto de sua autoria, do Porto Norte Brasil
Cleber Barbosa
Da Redação

Durante a semana foi intensa a discussão em torno do projeto do Porto Norte Brasil, voltado a instalar no Amapá o maior entreposto de cargas na região amazônica – e o único acima da Linha do Equador. E a pergunta que não quer calar é: de quem é o projeto? O Blog localizou seu idealizador. Trata-se de Manoel Sales, que já foi chefe de logística da Companhia Docas de Santana (CDSA) e que depois engrenou carreira acadêmica, buscando especialização em Logística Modal de Transportes, bem como mestrado e doutorado em São Paulo, nas áreas de Poder Público e Terceiro Setor. 
Ele falou com exclusividade à reportagem, ocasião em que ratificou otimismo em relação à viabilidade do projeto, que consiste em um mega porto localizado na margem esquerda do Rio Amazonas, um cais com 2.000 metros de frente e 5.600 metros de comprimento. "Ele terá capacidade de reunir até 122 empresas, o que poderá gerar no auge das operações cerca de 10 mil empregos diretos e indiretos", diz Sales. 
O especialista também explicou que o projeto é um TUP (Terminal de Uso Privado) e que a busca pelo apoio do poder público tem a ver, claro, com os licenciamentos e apoio institucional, mas admite que o projeto ter sido absorvido pela agenda do Estado deu projeção e o Porto Norte Brasil virou um produto do Amapá para o mundo. "Tive a oportunidade de apresentar o projeto no Palácio do Setentrião e agora a Agência Amapá de Desenvolvimento Econômico também tem atuado na interlocução com o mercado, mas a gente também tem agido e buscado investidores", diz.
Sales diz ter tido contato com investidores da China, interessados no incremento da mineração e eles estariam prospectando várias possibilidades, desde a recuperação do antigo Porto da Icomi, em Santana, como também o Porto Norte Brasil que ele projeta.

Russos
A reportagem também procurou o presidente da Agência Amapá neste sábado, Eliezir Viterbino, que confirmou já ter sido apresentado o projeto do porto à Câmara de Comércio Brasil Rússia, que fez uma análise preliminar do projeto e pediu mais informações por parte do Estado. Além dos russos, o Estado também vislumbra apresentar o projeto à Holanda, numa tentativa de instar a uma conexão internacional entre Macapá e Roterdã, um dos principais portos da Europa.
Viterbino não deu mais detalhes, mas informações extraoficiais dão conta de que os russos encaminharam uma resposta oficial em que o conteúdo teria "noventa por cento de diplomacia e dez por cento de questionamentos sobre a técnica do projeto", disse uma fonte ligada ao setor.

Saiba mais
No começo da semana o Blog do Cleber Barbosa teve acesso ao filme oficial de apresentação do projeto do Porto Norte Brasil, numa postagem que reúne mais informações a respeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE