Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


quarta-feira, 27 de setembro de 2017

JUDICIÁRIO | Juiz durão das eleições do Amapá chega ao desembargo por merecimento

O novo desembargador Rommel Araújo é cumprimento pelo presidente Carlos Tork, do TJAP. | Foto: Ascom
O juiz de carreira Rommel Araújo de Oliveira, oriundo do primeiro concurso da magistratura amapaense, realizado em 1991, venceu o pleito e será o mais novo desembargador a compor a Corte do Tribunal de Justiça do Amapá. A escolha foi feita nesta quarta-feira (27), durante a 721ª Sessão do Pleno Administrativo, e a posse será na sexta-feira (29 de setembro), às 11 horas, no Plenário do TJAP. Esta é a terceira vez que o Juiz Rommel figura em uma lista de concorrentes para o desembargo, pelo critério de merecimento. Ele era sempre um dos mais firmes juízes eleitorais em atuação no Amapá.

A Sessão contou com a participação de seis desembargadores: Carlos Tork, que presidiu os trabalhos; Gilberto Pinheiro, Vice-Presidente; Agostino Silvério Junior, Corregedor; Sueli Pini; Manoel Brito e João Lages. Considerando ainda as ausências justificadas do desembargador Carmo Antônio de Souza, que possui laços de parentesco com concorrentes, e do desembargador César Augusto, ausente por motivo de doença.

Os votos dos desembargadores, entregues em envelopes lacrados, foram recolhidos e o presidente Carlos Tork convidou a juíza Elayne Cantuária, presidente da Associação dos Magistrados do Amapá, para proceder a apuração juntamente com o Diretor-Geral do TJAP, Gláucio Maciel Bezerra, em um gesto de garantia de lisura e transparência.

Após a apuração, cerca de três horas, o presidente do TJAP anunciou o resultado, no qual concedeu ao juiz Rommel – que contabilizou 512,6 pontos – a vitória no processo.

Com 26 anos de carreira de uma trajetória iniciada em 1991 no Poder Judiciário, o juiz Rommel Araújo de Oliveira teve dedicação exclusiva à magistratura do Amapá. Nos cinco primeiros anos atuou na Vara de Família, em seguida atuou por 15 anos em Vara Criminal e atualmente é presidente da Turma Recursal.

Rommel Araújo esteve presente e atento por toda a Sessão. “Vim acompanhar porque sempre acreditei no Tribunal de Justiça e sempre procurei honrá-lo. Quero continuar trabalhando em nome da Justiça pelo bem da comunidade e do povo do Amapá. Venho trazer a minha parcela de colaboração e de trabalho agora para o 2º Grau do Poder Judiciário do Amapá, com o mesmo objetivo e o mesmo ideal de cumprir as leis do meu país, de promover a Justiça e, acima de tudo, de obedecer todos os mandamentos da Constituição Federal”, disse.

Com base na Resolução Nº 106 do Conselho Nacional de Justiça, que define os critérios objetivos e subjetivos para escolha de desembargadores, o TJAP conduziu o processo de forma transparente e rigorosa.

“Com a escolha do Dr. Rommel, e a partir de sexta-feira com sua posse, a Corte do TJAP fica completa com nove desembargadores. Damos as boas vindas ao magistrado e desejamos sucesso nesse novo desafio”, finalizou o Presidente, Desembargador Carlos Tork.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE