Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


sexta-feira, 8 de setembro de 2017

AMAPÁ | Waldez Góes dá posse a novos integrantes do secretariado do Governo

Por: Lilian Guimarães | Fotos:André Rodrigues Secom/GEA
O governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), empossou na tarde da última quarta-feira, 6/9, no Paládio do Setentrião, os novos titulares das secretarias de Ciência e Tecnologia, Turismo, Desenvolvimento Rural e do Instituto de Desenvolvimento Rural (Rurap). O pesquisador da Embrapa Amapá, Robério Aleixo Nobre, deixa a Secretaria de Ciência e Tecnologia e passa a gerenciar o setor produtivo do Amapá, à frente da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), no lugar do engenheiro agrônomo Hélio Dantas, que assumiu o Rurap, órgão responsável pela extensão rural no âmbito do Governo do Estado. O professor da Universidade Federal do Amapá (Unifap), Rafael Pontes, é o novo secretário de Estado da Ciência e Tecnologia, e o advogado Vicente Cruz fica à frente da Secretaria de Estado do Turismo (Setur).
Robério Nobre afirmou que está mudando de secretaria com a mesma disposição de atuar com foco em resultados. “Vamos definir políticas públicas na SDR e no Rurapo Hélio e sua equipe vai operacionalizar. Não adianta planejar se não tiver um resultado a ser buscado e neste resultado é primordial atuar para aumentar a produção de alimentos, inclusive manufaturados, aumentar a produção florestal, a produção mineral que é um segmento que precisamos ter mais cuidado com essa questão. Precisamos nos posicionar diante desta riqueza que precisa ser explorada no Amapá”.
A solenidade foi prestigiada pela Secretária Especial de Políticas para Mulheres (Governo Federal), Fátima Pelaes; deputada Edna Auzier (PROS), representando a Assembléia Legislativa do Amapá; o prefeito Carlos Sampaio, de Amapá; reitora da Universidade Federal do Amapá (Unifap), Eliane Superti; chefe-geral da Embrapa Amapá, Jorge Yared; reitor da Universidade do Estado do Amapá (Ueap), Perseu da Silva Aparício; diretor-presidente do Instituto Estadual de Pesquisas Científicas e Tecnológicas, Wagner Costa, e vários gestores e técnicos de diversas instituições.   
Em seu discurso, o governador do Amapá destacou a importância de uma equipe unida e articulada com as instituições externas. “Estou feliz pela equipe, pela contribuição do Robério na Secretaria de Ciência e Tecnologia e sei o quanto vai contribuir na Secretaria de Desenvolvimento Rural. Estará focado junto com o Hélio (empossado no Rurap) na questão da produção de alimentos, já sabem o que fazer com solidez, rapidez e segurança”. Se dirigindo à platéia que lotou o auditório do Palácio, Waldez Goes fez referências às instituições presentes e conclamou: “nos ajudem porque estarão ajudando o Estado do Amapá. Tenho respeito por cada colaborador, e sei do papel de instituições como a Embrapa, que traz o Robério, como a Unifap, que traz o professor Rafael”. Em seguida, ressaltou que o Brasil “vive hoje na pior crise política, moral, jurídica, policial, mas isso não atingiu a solidez de uma instituição como a Embrapa, a quem devemos muito. É esta empresa que constitui as informações, o conhecimento, o domínio para que o produtor diminua riscos e agregue valor à sua força de trabalho”.
A sintonia das atividades dos gestores públicos com a macro-política de desenvolvimento do Amapá também foi destacada por Waldez Góes. “Nós todos somos responsáveis, cada um com seu conhecimento e sua capacidade de articulação. Se pesquisarmos e não transformamos o conhecimento políticas públicas não faz sentido. Ele citou os 18 editais de financiamento de pesquisas, lançados pelo Governo do Estado, que contemplam estudos de equipes da Embrapa, Iepa, Ifap, Unifap e Ueap. “Todos os projetos aprovados de alguma forma estão articulados com o desenvolvimento do estado do Amapá”, observou o governador.
   
Robério Aleixo Nobre
Graduado em Meteorologia pela Universidade Federal do Pará (1981) e Bacharelado em Direito pela Faculdade Estácio do Amapá (Famap). É pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Climatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: clima e meio ambiente, tecnologia agrícola, produção de energia, desenvolvimento regional amazônico, desenvolvimento sustentável modelo e planejamento, climatologia agrícola e mudanças climáticas, Direito Ambiental, impacto e conservação ambiental.
Osvaldo Hélio Dantas Soares
Nascido em Santana, Osvaldo Hélio Dantas Soares é engenheiro agrônomo, mestre em irrigação e drenagem, membro da Academia Brasileira de Extensão Rural e conselheiro do CREA-AP. Ingressou no serviço público no quadro do Ex-Território Federal Do Amapá, cedido para a Secretaria De Desenvolvimento Rural, e há 27 anos atua como extensionista rural no Serviço de Extensão Rural Do Amapá.



Rafael Pontes
Brasiliense radicado no Amapá. Professor efetivo da Unifap. Graduado em Ciência da Computação (PUCMINAS), mestre em Desenvolvimento Regional (Unifap), doutor em Educação e Ensino de Ciências e Matemática.




Vicente Cruz
Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Amapá (Unifap), Vicente Cruz, já exerceu as funções de Procurador Geral da Unifap; Procurador Geral do Município de Macapá; Diretor da Emdesur; Procurador da antiga EMTU; Diretor do Procon, Secretário de Desporto e Lazer, entre outras funções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE