Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


terça-feira, 26 de setembro de 2017

AGRONEGÓCIO | Censo Agro 2017 inicia no próximo dia 02 de outubro no Amapá

Em 2 de outubro, o IBGE iniciará o Censo Agro 2017. Esta operação censitária tem como finalidade obter informações sobre o universo de estabelecimentos agropecuários do país, constituindo-se na principal e mais completa investigação da estrutura e produção do setor primário, de sua inserção e relacionamento com os demais setores da economia.
Neste momento, as ações preparatórias estão em ritmo acelerado para a realização deste grande levantamento Brasil afora. Dentre as ações primordiais para o sucesso dos Censos, incluem-se as parcerias com as autoridades e comunidades locais. Nesse sentido, o IBGE tem, historicamente, contado com a valiosa colaboração de diversas entidades municipais, expressa pela participação de representantes nas Comissões Municipais de Geografia e Estatística (CMGE).
Essas comissões são compostas além de representantes dos poderes constituídos, de líderes comunitários, empresários e representantes de entidades do município que possam de alguma forma colaborar com os trabalhos censitários. O objetivo das CMGEs é dar transparência às ações empreendidas pelo Instituto no município, promover o conhecimento da metodologia e das ações em campo, divulgar e engajar a população e as autoridades nesse importante levantamento de dados.
Pela dimensão da tarefa a ser realizada, é muito importante contar com apoio logístico e acompanhamento dos trabalhos por parte da sociedade local, o que pode contribuir para garantir a completa cobertura do território e para a qualidade das informações levantadas.
Nesse sentido, vimos convidar Vossa Senhoria para participar da CMGE de Macapá. Em um primeiro momento, esta comissão estará particularmente dedicada aos trabalhos do Censo Agro 2017, mas é oportuno registrar, desde já, a intenção do IBGE de dar um caráter permanente às CMGEs, permitindo que a sociedade conheça e dê suporte às suas demais atividades e promovendo o uso das informações estatísticas, geocientíficas e ambientais, produzidas pelo IBGE, para aprimorar a gestão municipal.
Na primeira reunião, de instalação da CMGE, serão apresentados os mapas municipais que auxiliarão a coleta de dados, as necessidades de apoio para a equipe de recenseadores e supervisores, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE