Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


domingo, 20 de agosto de 2017

OPINIÃO | Notas da coluna ARGUMENTOS, domingo, dia 20 de agosto de 2017.

Política

Está aberta a corrida pela sucessão governamental, alguém duvida? Amigos, por onde a gente anda já se ouve falar das costuras nos bastidores visando acomodar o desejo de concorrer e ao mesmo tempo garantir coligações favoráveis e com musculatura.

Comércio

E tem um setor que vem formatando ampla frente de candidaturas visando escrever uma nova história de desenvolvimento econômico e social. É o dos empresários, daqueles que fazem o Amapá que dá certo.

Bancadas

Olha, a composição das casas legislativas, tanto as de Brasília quanto as daqui (estadual, municipal) levam em conta a representatividade. Setores da sociedade que elegem os seus para garantir voz e voto.

Legítimo

Um desses setores é o do agronegócio. Sim o povo do agro veio pra ficar, vincar raízes. A pujança desse mercado, que a cada dia aumenta sua participação por aqui, deve resultar em nomes para encarar as urnas.

Academias

Outro setor, é o das universidades. As mais fortes do país, onde existem as tais ‘cidades universitárias’ costumam eleger ex-reitores para a Câmara Federal. É disso que se vale o nosso reitor Tavares.

Certíssimo

O mais brasileiro dos chefs italianos, Orázio Cattani chancela mais um projeto inovador. É o GastroArte, que ele lançou na noite de sexta-feira em seu restaurante, o Il Jardinetto, em Macapá. O espaço destina-se aos artistas locais, que podem expor seus trabalhos num ambiente mais que apropriado, afinal gastronomia é arte!

Macapaba

Habitação popular fez o ministro das cidades, Bruno Araújo, cumprir agenda em macapá ontem, para a entrega do Macapaba II, maior conjunto habitacional do Minha Casa Minha Vida por aqui. Em meio a burburinhos sobre prováveis embates de grupos políticos, o evento saiu bem.

Entorno

O Macapaba virou uma pequena cidade dentro de Macapá. Sim, com cerca de 25 mil habitantes, é maior do que muitos municípios do interior do estado. Então além da vida em condomínio, longa dos problemas de antes, eles merecem as obras de urbanismo do entorno. E dos aparelhos públicos, de saúde, educação, transporte.

Sobrevida

Outra característica do novo condomínio é que muitos do moradores têm origem empreendedora, daí a necessidade do poder público lançar um olhar para isso. Apoiar a que eles possam manter seus pequenos negócios e assim prover o sustento de suas famílias, é claro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE