Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


terça-feira, 25 de julho de 2017

MAZAGÃO | Missa campal e círio marcam início do dia áureo da Festa de São Tiago

Tradição e Fé. Assim pode ser definida a parte religiosa que antecede a batalha entre mouros e cristãos, nesta terça-feira, 25, em Mazagão Velho. A missa se inicia por volta da 8h da manhã e um grande números de pessoas participa. Esse rito acontece na praça da cidade ao lado da capela de São Tiago. Em seguida inicia o círio, quando as imagens de São Tiago e São Jorge são conduzidas pelas ruas da cidade e seguidas por milhares de fiéis.
O círio deste ano foi considerado o maior pela organização da festa, que estima que mais de dez mil pessoas participaram do evento religioso.
Para Hercília Ribeiro, 68, que há 30 anos participa da festa e sempre acompanhou a missa, o momento é de renovação da fé. “Eu fico emocionada. Sempre aprendi a ter fé em São Tiago e passei isso aos meus filhos e hoje observo a festa crescendo, isso é gratificante. Dessa maneira nossa fé só aumenta”, afirma.
Em destaque também durante o percurso do círio encontra-se o cavaleiro que representa São Tiago na festa, que faz a guarda das imagens. “É algo inexplicável. Todos os anos eu tentava ser o personagem, mas nunca conseguia, pensei em desistir e este ano graças a São Tiago, meu nome foi sorteado”, declarou, emocionado, Willian de Souza, personagem de São Tiago.
Durante o percurso o governador Wadez Góes, secretários de Estado e diversas autoridades do Legislativo e Judiciário estiveram presentes. “Linda festa realizada pela comunidade. Nós, na condição de gestores do Estado, prestigiamos e incentivamos, pois entendemos que essa festa religiosa e cultural engrandece o Amapá”, disse o governador Waldez.
O curto trajeto do círio - cerca de dois quilômetros - é concorrido, e é muito comum encontrar fiéis descalços pagando promessas. Uma dessas promesseiras é a jovem acadêmica de pedagogia Merian Bahia, 19, que pelo terceiro ano consecutivo enfrenta o percurso do círio descalça.
“Tinha um objetivo que era ingressar em uma faculdade e prometi caso tivesse êxito eu estaria durante os quatro anos de curso percorrendo o círio descalça, ou seja, todos os anos que estarei na faculdade eu estarei dessa forma acompanhando o círio”, falou a jovem.
240ª Festa de São Tiago
A Festa de São Tiago é uma tradição trazida da África pelas famílias de colonos portugueses, em decorrência dos conflitos político-religiosos entre portugueses (cristãos) e muçulmanos (mouros).
Realizado desde 1777, na vila de Mazagão Velho, o evento consiste na encenação de um espetáculo de fé, que conta a história do guerreiro Tiago, soldado anônimo que lutou ao lado do povo de Cristo, ajudando a vencer as grandes batalhas contra os mouros.
A festividade em homenagem a São Tiago mistura rituais religiosos, cavalhada e teatro a céu aberto. É realizada pela comunidade local, através da Associação Cultural da Festa de São Tiago (ACFST), com apoio do Governo do Estado do Amapá e Prefeitura de Mazagão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE