Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


quinta-feira, 18 de maio de 2017

OPINIÃO | Notas da coluna ARGUMENTOS, quarta-feira, 17 de maio de 2017.


Guiana

Causou muita repercussão a notícia de que agora a Guiana Francesa flexibilizou a estada de até 72 horas para turistas brasileiros que fizerem conexão em Caiena para outros países, como da Europa, Caribe ou das Américas. Um incremento ao turismo regional, claro.

Regra

Mas um internauta postou comentário em nosso Blog dando conta de que essa medida já estava valando e que ainda não havia sido dado publicidade. De fato, o novo cônsul no Amapá confirma a informação.

Ganho

Segundo Alain Kraïs, em entrevista exclusiva à coluna, a medida vale desde o final do ano passado, mas carecia de regulamentação, o que só ocorreu recentemente. Com atraso ou não, é uma boa notícia.

Agências

No meio do chamado Trade Turístico, também é um alvoroço essa novidade. Pietrina Salgado, atual presidente da Abav, entidade das agências de viagem, diz estar juntando documentos para se posicionar melhor.

País

Outra informação repassada ontem à coluna por ela diz respeito ao interesse das entidades nacionais do setor de turismo. Claro, pois isso abre um leque de possibilidades para conectar voos para o exterior.

Caiena
Este é o aeroporto de Caiena, terminal internacional que poderá agora conectar os turistas do Norte, Nordeste e até do Centro Oeste com o exterior. A Air France até já cancelou as operações de um voo de Brasília a Paris, deixando as opções por Belém as melhores alternativas.

Bomba

Só que a notícia mais bombástica veio no começo da noite, no principal telejornal do país, o JN. Tem a ver com uma suposta delação acompanhada de provas em áudio e vídeo que fazem Temer e Aécio serem tragados para dentro da Operação Lava Jato. O silêncio no Planalto é ensurdecedor.

Estratégia

Olha, o presidente da república terá que vir hoje a público com alguma posição, apresentando uma defesa para essa escandalosa revelação. A noite deve ter sido longa para que os altos escalões do Governo Federal pensassem em uma saída. De outro lado, petistas e lulistas eram pura empolgação. Até no Amapá.

Posição

Lula não pode considerar o fato de ontem um ‘salvo conduto’, longe disso. Ele tem mais é que resolver seus próprios pecados e arrumar uma defesa plausível. Mas é fato também que o foco sai um pouco dele e segue para os rivais Temer e Aécio. Aliás, tem fato novo sobre ele também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE