Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


segunda-feira, 24 de abril de 2017

ECONOMIA | Amcel Florestal anuncia entrada no mercado de grãos no Amapá.

O mercado de grãos no Amapá acaba de ganhar mais um investidor de peso. A Amapá Florestal e Celulose (Amcel), uma das maiores empresas em operação no Estado, anunciou que já fez o plantio experimental de soja em 100 hectares de uma área de cerrado pertencente ao grupo corporativo.
A notícia foi confirmada nesta segunda-feira, 24, durante reunião com o governador amapaense, Waldez Góes, para apresentação de novos membros do empreendimento: o diretor-presidente, Masayuki Akyiama; diretor vice-presidente, Iuji Naruse; diretor operacional, Yoshikasu Kume; e gerente de operações, Isaac Bando. Eles foram conduzidos pelo diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico do Amapá (Agência Amapá), Eliezir Viterbino.
Instalada no Amapá há mais de 40 anos, a Amcel produz, processa e exporta cavaco de eucalipto – matéria-prima destinada à indústria de celulose, usada para fabricação de papel, entre outros produtos. Agora, o grupo corporativo quer abrir caminho no mercado de grãos.
Góes ressaltou que o governo incentiva empresas que demonstram interesse em se instalar no Estado, ou que já atuam no mercado local, a ingressar na produção de alimentos. “A Amcel passa agora a compor uma das grandes estratégias de desenvolvimento econômico do Amapá, que é a produção de alimentos, não só para o consumo interno, mas também para exportação, importação, ou como base de matéria-prima para o processo de industrialização do Estado”, avaliou o governador.
Segundo o gerente de operações da Amcel, Isaac Bando, o planejamento é que a empresa invista para o plantio de 20 mil hectares de soja. Ele revelou, ainda, que a empresa também estuda entrar no setor energético, com vistas à geração a partir do processamento de biomassa.
Também participaram do encontro os secretários de Estado de Desenvolvimento Rural, Hélio Dantas, de Meio Ambiente, Marcelo Creão, e de Governadoria, Renilda Nascimento, além do procurador-geral do Estado, Narson Galeno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE