Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


sexta-feira, 7 de outubro de 2016

FEIRA | Amapá participa da 44ª Abav Expo Internacional de Turismo, em São Paulo

A titular da Secretaria de Turismo, Syntia Lamarão (segunda à esquerda) com sua equipe técnica
CLEBER BARBOSA
EDITOR DE TURISMO

O Amapá esteve participando durante a semana da 44ª Abav Expo Internacional de Turismo, um dos maiores eventos do setor realizado no Brasil, que aconteceu no Expocenter Norte, em São Paulo (SP). No evento, a Secretaria de Estado do Turismo (Setur) tem a parceria do Ministério do Turismo (Mtur) e da Associação Brasileira de Viagens do Amapá (Abav).

O encontro reúne expositores de todo o mundo anualmente para oportunizar negócios e a promoção de destinos turísticos. O estande do Amapá divulgava o potencial turístico do Estado e apresentava peças artesanais feitas de manganês, cerâmica e madeira, além de produtos como óleos de copaíba, pracaxi e andiroba. A culinária amapaense também ganhou destaque com o doce de cupuaçu e degustações de gengibirra, tradicional bebida feita artesanalmente.

O empresário Valdir de Souza, de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, gostou muito da bebida tradicional nas rodas de marabaixo. “Ainda não havia provado algo tão encorpado como essa bebida. O gengibre é realmente incrível”, disse o empresário Valdir de Souza, de São José do Rio Preto, interior de São Paulo.

A música popular amapaense chamou a atenção dos visitantes. O artista Clay Lunna, que já recebeu sete prêmios em eventos nacionais, foi o responsável por apresentar a cultura amapaense no espaço.

Para a secretária de Estado do Turismo, Syntia Lamarão, o evento é uma oportunidade impar de divulgar o Amapá como destino turístico e a cultura amapaense. “Nesta feira participam visitantes do mundo todo que se mostram encantados com as belezas do nosso Estado. Aqui promovemos e divulgamos nossos atrativos, possibilitando a consolidação do Amapá como destino turístico”, ressaltou.

A 44ª Abav Expo Internacional de Turismo tinha a expectativa de receber mais de 60 mil visitantes nos três dias de evento. Na feira também aconteceu paralelamente o 46º Encontro Comercial da Braztoa, que reúne operadores de turismo do mundo todo.

Além da participação dos representantes da Setur-AP, merece destaque também a ida de um grupo de empresários, agentes de viagem e técnicos da Abav-AP liderados pela presidente da entidade, Pietrina Salgado.

Empresários do Amapá prospectam negócios
Uma das características das feiras como a Abav Expo é a possibilidade de reunir sob a mesma tenta, por assim dizer, quem quer comprar com quem quer vender. A empresária amapaense Elani Leite, da Equador Tur, disse que o diferencial do turismo é a capacidade de ajudar as pessoas a realizarem sonhos. “O turismo é uma indústria como outro segmento qualquer, portanto é uma atividade econômica que gera empregos e pode sim ajudar o nosso estado”, diz a agente. Ela lembra que especialmente na feira os donos de agências de viagem buscam junto a operadoras de turismo as tarifas mais atraentes.
Já a presidente da Abav-AP, Pietrina Salgado, diz que a participação do estado em eventos como a feira em São Paulo, integram uma estratégia de promoção e marketing do Amapá como destino turístico. “E nesse formato, onde os estados e algumas das principais cidades turísticas são organizadas e distribuídas em ruas e avenidas possibilitam ao visitante e aos expositores saberem mais sobre o nosso país”, reforça a empresária, numa referência aos estandes com gastronomia, artesanato, cultura, impressos, vídeos e muitas explicações e apresentações dos destinos.

Otimismo em uma recuperação da economia marcam a abertura da feira
A feira desta ano foi aberta sob o signo do otimismo. Sobretudo a partir de dois fatores: o clima de alívio com a chegada do novo governo federal, de forma definitiva, e os primeiros sinais de que a economia pelo menos parou de cair. O sucesso da realização dos Jogos Olímpicos no Rio também permeou o discurso de quase todas as autoridades, colocando, junto com o otimismo, um clima de orgulho pouco visto ultimamente no País.

Os anfitriões, o presidente da Abav Nacional, Edmar Bull, e a presidente da Braztoa, Magda Nassar, destacaram mais uma vez a parceria entre as entidades e demonstraram otimismo em relação à esta edição do evento. Fizeram ainda as cobranças ao ministro do Turismo, Alberto Alves, e destacaram outros prontos importantes. Segundo Bull, que abriu a cerimônia solene pela primeira vez desde que assumiu a presidência da Abav Nacional, foram realizadas 23.700 inscrições para a Abav Expo, e a previsão é passar de 24 mil. “Na Vila do Saber, que está com um novo layout, recebeu mais de 5,3 mil inscrições”, afirmou ele.

Em relação à pauta de reivindicações, Bull elencou, por exemplo, a extensão da flexibilização dos vistos para certas nacionalidades, rever o ISS e o PIS Cofins, a criação de um fundo garantidor, a liberação dos cassinos, sob regras. “Também precisamos trabalhar nas Compras Governamentais”, destacou Bull. Magda enfatizou o trabalho conjunto das entidades de turismo e destacou o potencial de crescimento do turismo no País. “Hoje o turismo no PIB do Brasil é de 3,3% e no mundo, em média, é de 9%. Precisamos chegar lá”, disse ela.

*Colaborou: Henrique Borges

NÚMEROS
- Até 18 horas de sexta-feira, último dia do mega evento na capital paulista, o total de visitantes era de 20.014, somados os profissionais inscritos – 25.353 e a movimentação na Vila do Saber – 7.565.
– A visitação pela feira teve um percurso de 271 estandes, com 1.100 marcas expositoras e no panorama geral de primeira avaliação houve um contentamento com otimismo.
30mil
Expectativa de público total da 44ª Abav Expo Internacional de Turismo em São Paulo.

ATRAÇÕES

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE