Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Notas da coluna ARGUMENTOS, quarta-feira, dia 10 de agosto de 2016.

Figuraça

O ator Aílton Graça, da Globo, visitou Macapá em 2005 para pagar uma promessa. Subir ao palco e dançar com Alcione. Ela cantava a música “Meu ébano”, tema do personagem dele na novela América. Agora ele faz planos para visitar Macapá novamente.

Beiradas

O ex candidato a governador Bruno Mineiro confirmou mesmo que não disputa a eleição deste ano para prefeito de sua cidade, Tartarugalzinho. Sobre retomar o projeto ao Setentrião desconversa. Mira o Parlamento Estadual.

Terras

O empresário Iraçu Colares, que é um dos dirigentes da Associação dos Pecuaristas, diz estar acompanhando de perto o processo e as discussões em torno da reversão das terras da União. “Um recomeço”, diz.

Humor

Ontem troquei o nome da seleção que empatou com o Brasil nas Olimpíadas. Foi o Iraque e não o Irã. Mas também aprendi uma piada nova sobre aquela partida: “A seleção do Iraque empatou com a seleção de araque”.

Revendo

Depois de haver revelado desejo de disputar o Senado em 2018, o deputado Vinícius Gurgel admite já ter desistido da ideia. Será novamente candidato à Câmara dos Deputados, postulante ao terceiro mandato.

Asfalto

Titular da Setrap, Jorge Amanajás, comandou ontem trabalhos de pavimentação dos acessos da ponte do Matapi, que entra em fase final de construção. A obra tem previsão para ser entregue oficialmente ao tráfego até o fim do ano segundo o secretário. Povão agradece.

Espetando

O curioso foi ver ontem a nota do Setentrião a respeito da ponte do Matapi. O palácio reforça que o projeto foi iniciado em 2010, deixado pronto e com recurso em caixa para ser executado já na gestão do ex-governador Camilo Capiberibe. “Porém a obra só foi iniciada em 2013”, diz o GEA.

Mote

O empreendimento visa fortalecer o eixo de integração econômica das áreas metropolitanas de Mazagão, Macapá e Santana, que está sendo planejado pelo Governo do Estado. A ponte será rota de escoamento da produção familiar e potencializará a área industrial localizada às margens do Rio Matapi.


Números

A edificação tem 612 metros de comprimento. O projeto é composto por cinco vãos de 38 metros. Três ficarão posicionados no lado de Santana e dois em Mazagão. O vão central, que vai permitir navegação embaixo da ponte, tem 50 metros de largura por 25 metros de altura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE