Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


sábado, 9 de julho de 2016

Notas da Coluna ARGUMENTOS, sábado, dia 09 de julho de 2016.

Oiapoque

Confronto violento entre policiais franceses, da temida Gendarmerie, e garimpeiros brasileiros, ontem, na fronteira do Brasil com a Guiana Francesa. Houve troca de tiros e gente baleada, segundo as primeiras informações do jornalista Humberto Baía, que mora lá.

Polêmica

Há duas versões. A dos franceses é de que houve um acidente entre as duas embarcações; a dos brasileiros é que houve truculência e a lancha dos policiais atravessou o casco de propósito, afundando a voadeira.

Demandas

Por falar em fronteira, o clima está tenso por lá também devido a movimentos de índios de de universitários. Os primeiros protestando contra mudanças na Funai e os segundo por problemas no campus de lá.

De olho

Olha essa. De uns tempos para cá aumentou a procura de madeireiros paraenses pedindo licença ambiental para se instalar no Amapá. “Devastaram lá e agora miram nossas florestas?”, indaga leitor da coluna.

Mercado

Isso nos lembra que o setor madeireiro entrou em colapso por aqui a alguns anos. Problema seria falta de documentação para extrair madeira certificada. E um excesso de rigor do Ibama, dizem outros.

Saúde
Em audiência com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, o deputado Vinícius Gurgel e a secretária estadual de Saúde, Renilda Costa, conseguiram a liberação de R$ 9 milhões para a construção do prédio que vai abrigar o Centro de Referência Doenças Tropicais (CRDT).

Turismo

Uma pesquisa registra recorde de intenções de viagem de brasileiros pelo Brasil. Entre as pessoas que pretendem fazer as malas nos próximos seis meses, 83,6% deverão escolher destinos domésticos. É o maior percentual registrado em junho dos últimos 10 anos. Mais no Blog do Cleber Barbosa.

Imbróglio

A mineradora Ecometals anuncia que pretende embarcar o manganês estocado em Serra do Navio. Ela possui decisão do TJAP dando a posse da área onde o minério está estocado. Mas sua concorrente, Dubuy Resorces, é dona da pilha, segundo o STJ. Entendeu? O minério na área da outra. Quem ganha essa?

Resumo

Ouvido pela coluna outro dia, o desembargador Raimundo Vales diz que esse impasse entre Ecometals e Durbuy não tem data para acabar. “As duas vão acabar morrendo abraçadas”, diz o magistrado. Enquanto isso Serra do Navio, a população e o estado perdem royalties doto mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE