Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


sábado, 16 de julho de 2016

Notas da coluna ARGUMENTOS, sábado, dia 16 de julho de 2016.


França

Tem uma amapaense entre as vítimas do terror na França. Ana Lourdes Mont’Alverne Dosseto mora lá a mais de vinte anos e foi uma das pessoas atropeladas pelo terrorista enlouquecido. Sofreu fraturas múltiplas, mas segundo o hospital não corre risco de morrer.

Efeitos

A onda de terror faz as autoridades brasileiras redobrarem o esquema de segurança das Olimpíadas do Rio agora com a preocupação de que o nosso país possa ser alvo. A gente nem pensava nisso há pouco tempo.

Fisco

Termina no próximo dia 29 o prazo de entrega da ECF (Escrituração Contábil Fiscal), que na prática é a nova declaração de renda da pessoa jurídica. As empresa, claro. Então é bom acionar os contadores.

Barco

Em agosto, o barco-escola Samaúma I inicia suas atividades de educação profissional em Vitória do Jari, a 180 quilômetros de Macapá. A perspectiva é que 400 moradores sejam qualificados nos diversos cursos.

Capacitação

Para participar das capacitações, que têm carga horária de até 160h, os candidatos devem ser a partir do ensino médio (incompleto), ter idade mínima de 16 anos e apresentar cópia dos documentos pessoais.

Desacelerou
O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado pelo BGE voltou a perder força, confirmando a sua tendência de queda e atingindo 0,35% em junho.  Esta queda, tradicional para este período do ano, fez com que o acumulado do IPCA no ano alcance 4,42%. Vamos em frente!

Interior

Moradores do município de Ferreira Gomes estão apelando para o BOPE (Batalhão de Operações Especiais) para fazer frente à escalada de violência na cidade. Eles atribuem o crescimento de ocorrências de roubos e furtos no lugar à saída das empresas responsáveis pela construção de duas usinas hidrelétricas.

Situação

Segundo relato dos habitantes, a população cresceu bastante desde a instalação dos canteiros de obras no entorno da cidade, o que aumentou a pressão sobre os serviços públicos e agora que as obras terminaram o desemprego estaria provocando essa onda de violência. “Aqui era um lugar tranquilo”, diz morador.

Crise

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Carlos Corrêa, diz que o BOPE é uma tropa especializada, que se mantém aquartelada e sua intervenção é apenas para casos extremos. “Mas não está descartada uma intervenção dele lá. Vamos realizar uma análise técnica da situação”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE