Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura e política.

PUBLICIDADE

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Faculdade lança campanha de combate ao mosquito Aedes Aegypti

A luta contra o Zica Vírus e demais doenças vai envolver mais de 5.000 alunos, 250 professores e 150 colaboradores nas duas unidades no Amapá

        A campanha vai começar pelo dever de casa. Os próprios colaboradores vão realizar vistorias em todos os campi do Grupo no Brasil com o objetivo de combater a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela. No Amapá, as blitz vão acontecer, na manhã desta sexta-feira, nas duas unidades: Estácio Macapá e Estácio Amapá. A finalidade é identificar e eliminar possíveis focos do mosquito.

        A ideia é que a mobilização contra o mosquito, que se tornou inimigo nacional número 1, seja realizada durante todo o primeiro semestre de 2016. As primeiras ações, já planejadas pela Estácio, vão ser realizadas em fevereiro e março. Além das inspeções internas desta sexta-feira, no dia26 de fevereiro, vai haver uma campanha de conscientização envolvendo alunos veteranos, professores e coordenadores de cursos para que todos façam parte da cruzada contra o mosquito.

        Os calouros também vão ser envolvidos na campanha. No mês de março, o trote solidário vai extrapolar os muros das unidades da Estácio, levando informação à sociedade. A proposta é conscientizar sobre a importância da mudança de comportamento para que cada um faça a sua parte no combate ao mosquito. Veteranos e calouros vão distribuir folhetos com dicas de prevenção das doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti.

        Para a diretora do Núcleo Estácio Amapá, Aline Búrigo, a campanha de combate ao Aedes Aegypti é de extrema relevância. Segundo ela, “no nosso papel de instituição de educação é fundamental que estejamos engajados nessa causa, que é social e de saúde pública. Portanto, precisamos estar mobilizados e ajudar a mostrar que cada um deve fazer a sua parte no combate ao mosquito”.



Diani Correa
Comunicação Estácio - Núcleo Amapá
98802 0396 /2101-5155
Whatsapp: 98127 2707

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!