Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Transatlântico chega ao Amapá com mais de 500 turistas a bordo

O navio aportou na Companhia Docas de Santana. Por volta das 9h30, os tripulantes desembarcaram para visitar o monumento Marco Zero do Equador, a Fortaleza de São José de Macapá, o Museu Sacaca e a Casa do Artesão. A Secretaria de Estado do Turismo do Amapá (Setur) preparou uma recepção especial para os visitantes com apresentação de marabaixo e a degustação de gengibirra, no Monumento Marco Zero.

Os guias de turismo e intérpretes da Setur foram responsáveis pela organização e adequação do espaço para as chegadas dos viajantes. Para a guia de turismo, Paula Trindade, a visita de tantos turistas vai de encontro à consolidação do Estado como destino turístico mundial. "A importância é o fomento do setor turístico local, consolidando o Amapá como um dos principais destinos na região. Há movimentação de todos os setores, oportunizando profissionais como guias de turismo, taxistas, artesãos, intérpretes e o comércio local”, ressaltou.

O grupo de marabaixo Tia Sinhá apresentou as músicas tradicionais do Amapá para os turistas, que além de dançarem muito, puderam conhecer um pouco da cultura artística local, com a exposição "Eu e minhas negas", da artista plástica Marcia Braga.

MS Magellan
MS Magellan  foi construído por Aalborg Vaerft em Aalborg, Dinamarca e entrou em serviço pelo Carnival Cruise Lines em 13 de julho de 1985. Após alguns anos o navio entrou em decadência até quase 2003 quando foi reformado para continuar realizando viagens transatlânticas. O navio veio para passar apenas um dia e estava com o retorno programado para às 16:30h.

Fonte: Diário do Amapá.

O navio aportou na Companhia Docas de Santana. Por volta das 9h30, os tripulantes desembarcaram para visitar o monumento Marco Zero do Equador, a Fortaleza de São José de Macapá, o Museu Sacaca e a Casa do Artesão. A Secretaria de Estado do Turismo do Amapá (Setur) preparou uma recepção especial para os visitantes com apresentação de marabaixo e a degustação de gengibirra, no Monumento Marco Zero.
Os guias de turismo e intérpretes da Setur foram responsáveis pela organização e adequação do espaço para as chegadas dos viajantes. Para a guia de turismo, Paula Trindade, a visita de tantos turistas vai de encontro à consolidação do Estado como destino turístico mundial. "A importância é o fomento do setor turístico local, consolidando o Amapá como um dos principais destinos na região. Há movimentação de todos os setores, oportunizando profissionais como guias de turismo, taxistas, artesãos, intérpretes e o comércio local”, ressaltou.
O grupo de marabaixo Tia Sinhá apresentou as músicas tradicionais do Amapá para os turistas, que além de dançarem muito, puderam conhecer um pouco da cultura artística local, com a exposição "Eu e minhas negas", da artista plástica Marcia Braga.

MS Magellan
MS Magellan  foi construído por Aalborg Vaerft em Aalborg, Dinamarca e entrou em serviço pelo Carnival Cruise Lines em 13 de julho de 1985. Após alguns anos o navio entrou em decadência até quase 2003 quando foi reformado para continuar realizando viagens transatlânticas. O navio veio para passar apenas um dia e estava com o retorno programado para às 16:30h.
- See more at: http://www.diariodoamapa.com.br/cadernos/editorias-i/cidades/item/9617-transatlantico-chega-ao-amapa-com-mais-de-500-turistas#sthash.X5a8ke0q.dpuf

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE