Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


sábado, 16 de janeiro de 2016

Coluna Argumentos, sábado, dia 16 de janeiro de 2016.

Base

O PDT, do governador Waldez, claro, vai querer ser protagonista nas eleições municipais deste ano. Mas Roberto Góes – o preferido – já teria declinado de entrar na disputa pela prefeitura; nome então teria que sair da coalizão que ajuda na governadoria do estado.

Casadinha

Analistas de plantão dizem que para evitar erros de estratégia do passado, essas correntes políticas dizem que qualquer costura para a eleição deste ano terá que estar vinculada à próxima, de 2018.

Hospital

Já em São Paulo, o ex presidente José Sarney segue sua recuperação após queda sofrida em casa. Médicos aguardam a estabilização do paciente para poder submete-lo à cirurgia do ombro direito.

Contraste

Um Iphone 6, que por aqui custa mais de R$ 4 mil pode ser adquirido em Caiena por R$ 1,5 mil. Reais mesmo, não euro. Por aí se vê o peso da carga tributária a que estão sujeitos consumidores brasileiros.

Rádio

O nosso programa Conexão Brasília vai mudar de nome, nos próximos dias. Essa e outras novidades serão anunciadas num pacote que inclui a criação de novos quadros para o programa que completa nove anos.

Hilário
Caiu nas redes sociais uma tremenda zoação com a ‘reforma’ do tapume que cerca o antigo canteiro de obras do Shopping Popular, de Macapá. A obra não sai e a cerca de madeira que deveria proteger a construção que nunca ficou pronta virou a parede da feira improvisada de lá.

Maior

O rompimento da barragem de rejeitos de Fundão, da Samarco, em novembro do ano passado em Mariana (MG), é o maior desastre do gênero da história mundial nos últimos 100 anos, segundo estudo da Bowker Associates, consultoria de gestão de riscos relativos à construção pesada, nos EUA.

Local

Vale lembrar que aqui no Amapá já houve acidentes com rompimento de barragens, em Pedra Branca do Amapari. Foi durante a gestão da MMX Mineração e resultou na celebração do polêmico TAC milionário que um juiz não quis homologar. Os danos ao meio ambiente foram muito grandes também.

Absurdo

Moradores da zona norte estão na maior preocupação com a escuridão da BR 210, no trecho que acaba de ser duplicado. As faixas de pedestres, por exemplo, são um risco iminente de acidente durante a noite, pois a visibilidade ruim faz com só se veja pedestres de ‘palmo em cima’.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE