Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


domingo, 5 de janeiro de 2014

AMAPÁ EM GRAMADO: Capacitação na Terra das Hortências

TURISMO | Empresários do setor de turismo viajam para o Festival de Turismo que reúne 2,5 mil expositores em Gramado, no Rio Grande do Sul

A representação do Amapá no evento na Serra Gaúcha serviu para a troca de experiências que será valiosa para o incremento das atividades empresariais ligadas ao setor de turismo no Estado, que tem apostado no setor
Cleber Barbosa
Editor de Turismo

Boas práticas no turismo. É o que oferecem as cidades de Gramado e Canela, no estado do Rio Grande do Sul, palco do 25º Festival de Turismo. Gramado é considerado hoje como o 3º melhor destino turístico, segundo pesquisas. A estratégia vai desde o planejar, produzir e executar projetos e/ou eventos como a Festa das Hortênsias (flor símbolo  da cidade), Festival do Cinema, Páscoa em Gramado e  um dos maiores eventos anuais, o Natal Luz – considerado  um dos maiores eventos –, que ocorre de novembro a janeiro.

Segundo o prefeito da cidade, Nestor Tissot,  foi uma estratégia de mercado para suprir a sazonalidade no período  de final de ano, já que os turistas  optavam por passar festas de natalinas e férias nas praias do Nordeste.

O Amapá enviou uma delegação ao evento, que foi conferir que a receita do sucesso é simples. “Basta ter união da iniciativa privada, empenho do poder público com investimento em infraestrutura, e o envolvimento da comunidade, todos conscientes do valor e da importância do setor econômico do turismo com o desenvolvimento econômico, social e sustentável”, ensina a turismóloga Nira Brito, do Sebrae-AP, que foi liderando um grupo de empresários do Amapá.
"O turismo do Amapá, tem  que agregar valor aos seus atrativos como os Fenômenos do Equinócio e da Pororoca".
Nira Brito - Turismóloga

A delegação contou com a participação de 23 empresários dos segmentos de alimentação, hotelaria, transporte, além de representantes do trade turístico amapaense como Sindbar, Abrasel, Singtur, Acia e da Macapatur.

Os participantes participaram de uma missão técnica de Benchmarking (comparação continua e sistemática), com diversas reuniões técnicas ressaltando a ocorrida na Associação do Comércio e Indústria de Canela (ACIC), onde foram recebidos pelo presidente Gino Bazzan e sua equipe, com apresentação de suas atividades e suas estratégias de Gestão focadas especificamente para o turismo, inclusive com uma diretoria e um fundo especial do turismo, conforme composição da diretoria atual. O turismo é tão importante para a economia local que a contribuição dos associados da ACIC para o Fundo de Turismo é em  dobro, e dos mais de trezentos associados, só para o fundo são 174 que realizam essa prática.

Festival de Turismo reúne 2,5 mil pessoas

O 25º Festival de Turismo de Gramado (Festuris) reuniu 2,5 mil expositores em 400 estandes na cidade da Serra do Rio Grande do Sul, segundo números apresentados por Eduardo Zorzanello, um dos sócios da empresa organizadora. “É importante ressaltar que em muitos destes estandes havia várias empresas de diferentes países, como o Uruguai. A internacionalização da feira é um fato concreto”, disse Zorzanello, que disse ser o turismo “O turismo é a indústria  mais inclusiva que existe”.

Ainda segundo o sócio, foram negociadas viagens a 65 destinos internacionais, número maior do que no ano passado, quando foram registrados 56. Zorzanello garantiu que a meta era de que circulassem pelos pavilhões um total de 14 mil pessoas nos dois dias do evento. A secretaria de Turismo de Gramado, Rosa Helena Volk, destacou a importância do Festuris para o município. “São 25 anos de uma história que se confunde com a história do desenvolvimento turístico de Gramado”, declarou Rosa.


Empresários foram conhecer a força do turismo para a economia local

Segundo Nira Brito, vale a pena atitude desse porte, que busca sensibilizar todo trade turístico local para mudança de comportamento, seja da iniciativa pública ou privada, contanto que sejam criadas ações inovadoras que possam contribuir para o desenvolvimento local, agregando valor aos setores da economia como o do turismo que  segundo a WTTC- Conselho Mundial de Viagens e Turismo. “O turismo brasileiro contribui em 2012 com R$ 150, 6 bilhões para o PIB do país 3,4% do total com previsão de 5% em 2013”, diz ela.

Para a especialista, o turismo do Amapá tem  que agregar valor aos seus atrativos como os Fenômenos do Equinócio e da Pororoca que são os nossos diferenciais, e durante os eventos realizar atividades para promover outros atrativos como a gastronomia local com a saborosa gastronomia de peixes do rio e seu famoso camarão no bafo. “Trabalhando o que se tem de diferente e respeitando as peculiaridades pode-se aprender muito com destinos turísticos de referencias no mercado como Gramado que criou o festival de inverno, aproveitando a generosa natureza. Fortalecer  o nosso Verão com diversas ações para o Festival de Verão”, conclui Nira. 

A delegação tinha além de Nira Brito, pelo Sebrae-AP, Augusto Cantuária (Sebrae), o presidente da Acia (Aass. Comercial de Industrial), Ricardo Noronha, a representante do Sindbar (Sind. Bares), Naraci de Souza Costa, a representante da Abrasel (Ass. Bras. Braes e Restaurantes), Regina Silva, a presidente do Singtur (Sindicato dos Guias de Turismo), Glaucia Dias e da Macapatur (Fund. Mac. de Turismo), Claudionor Ferreira.

INFORMAÇÕES

- Gramado é um município do estado do Rio Grande do Sul. Localiza-se na Serra Gaúcha, mais precisamente na Região das Hortênsias
- Sua população estimada em 2013 é de 34.110 habitantes. 
- Sua demografia é etnicamente variada, com forte influência alemã e italiana, o que se reflete especialmente na culinária e na arquitetura urbana e rural.

 1.875
Este é o ano da chegada dos primeiros estrangeiros de Gramado, que primeiro foi habitada por índios.

CARTÃO POSTAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE