Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


domingo, 1 de setembro de 2013

Coluna Argumentos, domingo e segunda-feira, 01 e 02.08.2013


Iapen

A cidade amanheceu assustada com a notícia de uma rebelião dentro do Complexo Penitenciário. O diretor da unidade, Nixon Kennedy, tratou de ir ao rádio para dar sua versão sobre o ocorrido, um motim, não rebelião, disse. Mas na sustentação, evidenciou aberrações dentro do Iapen.

Drogas?

A primeira alegação do diretor foi de que tudo teria sido causado por uma “disputa pelo tráfico de drogas”. Isso mesmo, o tráfico, só que dentro dos muros da penitenciária, amigo. Como é que pode?

Celulares?

Um detento ligou para a Diário FM, de sua cela, para falar  da confusão. O diretor rebateu, alegando que os presos do pavilhão envolvidos estavam contidos, de cueca, no banho de sol. Mas não negou que existam celulares, lá.

Armas?

O delegado Nixon Kennedy disse que houve quatro feridos à bala no motim. “Mas não foram tiros disparados por qualquer agente do estado”, disse. Pior, que foram detentos com uma pistola ‘ponto 40’.

Artes

A escola estadual Santina Rioli lança mais um projeto cultural. Alunos da instituição, professores e até pais das crianças ajudam na montagem da peça “Sonho de uma noite de verão”, dia 6 no Bacabeiras.

Estrada

A deputada federal Fátima Pelaes (PMDB-AP) foi ao Laranjal do Jari para tratar do processo de reversão da pavimentação do trecho sul da BR-156. Ele disse que a obra será repassada ao estado, mas os recursos são da União, portanto o asfalto está garantido.

No rádio

O senador Randolfe Rodrigues (PSol) falou ontem ao nosso Conexão Brasília (Diário FM) a respeito das duas medidas adotadas pela bancada para tirar a ameaça de fechar a nossa Área de Livre Comércio. A emenda dele a uma Medida Provisória do governo federal garante dez anos de fôlego para a ALCMS.

Comparação

O mais curioso nessa questão da Área de Livre Comércio de Macapá e Santana foi a metáfora de Randolfe sobre as estratégias de combater a ameaça aos incentivos do comércio local. “A minha emenda foi o Merthiolate, mas a PEC do senador Sarney poderá ser o tratamento definitivo do paciente”, disse o parlamentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE