Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


sábado, 31 de agosto de 2013

Manifestantes interditam via principal do conjunto Embrapa

CID1-PRINCIPAL
Mais de cem manifestantes interditaram no início da manhã de ontem, 30, a avenida Inspetor Marcelino, principal via de acesso do conjunto da Embrapa, na zona sul de Macapá. Com cerca de 320 residências, em dez travessas, e um pouco mais de mil pessoas residindo, o conjunto criado há 25 anos está abandonado, segundo os moradores.

Pneus foram incendiados no meio da pista impedindo a passagem de veículos. Com faixas, cartazes e um “apitaço”, manifestantes exigiam o asfaltamento das vias, limpeza das ruas e recolhimento periódico do lixo doméstico e iluminação, além de outros fatores como reforço da segurança.

CID1-PRINCIPAL MENOR 2
“Vivemos sob estado de calamidade. Não temos saneamento básico, nossas ruas não têm asfalto e a buraqueira é essa aí que estão vendo. Em algumas ruas já se formaram verdadeira lagoas. Os abaixo-assinados que enviamos ao governo do estado e à Prefeitura de Macapá cobrando melhorias foram engavetados”, disse Guilherme Lima, 51 anos, que há 11 anos mora no conjunto.

CID1-PRINCIPAL MENOR
“Esse é a apenas o primeiro manifesto. Caso não haja uma resposta imediata das autoridades nos vamos fechar a rodovia JK por tempo indeterminado. Não é possível que mesmo assim os gestores fechem os olhos para nós”, declarou Maria de Souza, 47 anos.

Até o final da manhã de ontem nem governo estadual e nem prefeitura haviam se manifestado sobre as reivindicações dos moradores. O fogo ateado nos pneus foi debelado com a chegada dos Bombeiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE