Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


quinta-feira, 4 de abril de 2013

Deputado Jorge Salomão recebe reivindicações de vereadora de Oiapoque

Vereadora Maria Iolanda e o deputado estadual Jorge Salomão (DEM)


A vereadora do município de Oiapoque, Maria Iolanda Sousa da Costa (PSL), visitou a Assembleia Legislativa (ALAP), na manhã desta quarta-feira (03), para articular com o deputado Jorge Salomão (DEM), apoio para o município.
Durante a reunião foi entregue ao deputado a solicitação para que o presidente da ALAP, deputado Júnior Favacho (PMDB), possibilite a doação do antigo Hotel de Trânsito de Oiapoque, pertencente à Assembleia Legislativa, para que seja utilizada como sede da Câmara de Vereadores. O prédio alugado há oito anos, está atualmente sem condições de uso.
De acordo com a vereadora, a doação do imóvel tem por objetivo dar maior autonomia e viabilidade às atividades legislativas, administrativas, sociais e políticas desenvolvidas pelo poder público. O deputado Jorge Salomão, garantiu que todas as solicitações da vereadora, serão analisadas e atendidas dentro da possibilidade.
Segundo Maria Iolanda, há quase 10 anos o centro administrativo do município e a Câmara de Vereadores vêm exercendo suas atividades em prédios alugados o que gera uma despesa mensal para os cofres públicos do Poder Executivo, quanto do Poder Legislativo da ordem de aproximadamente R$ 60 mil (sessenta mil reais) mensais. “Preço que se torna muito alto para essa população”, justifica a vereadora.
Outro objetivo da visita de Maria Iolanda à Assembleia foi buscar ajuda para agendar uma audiência com o Governo do Estado, para discutir a inauguração do Hospital administrado pelo Governo do Estado está provisoriamente em um prédio alugado, o local é pequeno e não tem estrutura suficiente para atender a demanda. A obra de reforma do hospital está parada há oito anos.
De acordo com a vereadora, várias obras do Estado estão paralisadas no município e precisam ser retomadas, como a construção da Orla da cidade, que está paralisada há cinco anos. A única praça do município está abandonada, a última reforma foi realizada em 2010. O município depende da construção de uma caixa d` água, para abastecer a cidade. “Quem não pode comprar água mineral, sofre com diarreias”, informa a vereadora.
Maria Iolanda informou que, será encaminhado ao Governo do Estado requerimento solicitando a construção de um poço artesiano para atender cerca de 800 famílias da Vila Vitória, localizada a 9 quilômetros de distância da sede do município. “O requerimento será votado na sessão desta sexta-feira,5, na Câmara de Vereadores do município e encaminhada ao Governo do Estado”, completou a vereadora, que busca forma para desenvolver o município, principalmente o setor moveleiro, dispõe de algumas serrarias e movelarias. “Vamos investir na capacitação dos moveleiros com cursos e a implantação de uma estufa comunitária, para atender os moveleiros”, frisou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE