Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


sábado, 2 de março de 2013

Coluna Argumentos, domingo, 03 de março de 2013



Jogo

Todas as fichas estão sendo apostadas em Sarney (PMDB-AP)nessa renovação da Área de Livre Comércio de Macapá e Santana. Com seu prestígio e importância na República, haverá de costurar mais que a renovação dos incentivos, obter garantias para as futuras.

Fronteira

Ainda sobre esse tema, o deputado Bala Rocha (PDT) disse ainda não ter desistido de emplacar a extensão dos incentivos de zona franca para o município de Oiapoque, o mesmo lugar que ele já quis transformar em Território.

Conexão

Por falar em Bala Rocha, ele disse ontem que está costurando ser indicado para ser membro de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as falhas de operadoras de telefonia celular. Haja comissão pro homem!

Festão

Tenente-coronel Ricardo Quadros, presidente do Clube Toca da Onça, amplia os horizontes, firmando parceria com Raul e Janete Silva, que levaram a banda Sayonara pra lá.

Causa

O líder da Comunidade Terapêutica Monte Tabor, o psicólogo Tom Sobral, foi ao rádio ontem e disse estar a procura de mais parceiros para tocar a entidade. Recebeu vários telefonemas.


P... da vida!


Conforme a coluna anunciou no meio da semana, publicamosa a foto enviada por uma leitora, sobre a bronca do proprietário deste GM Prisma. A faixa diz: Quer uma dor de cabeça? Compre um Chevrolet. O que será que o levou a esse protesto?

Sucesso

Empresário Johny Kleber, da Náutica Amapari, vai ao Rio de Janeiro com uma delegação local participar do “Rio Boat Show”, uma das maiores feiras náuticas do país. E chega lá com moral, pois acaba de levar o Prêmio Sesi de Qualidade, por suas inovações tecnológicas na fabricação local.

Exemplo

As lanchas ‘Made in Amapa’ que são produzidas no Distrito Industrial, em Santana, substituem o isopor por garrafas pet recicláveis como flutiadores. Há ainda um programa de gratificação dos colaboradores da empresa que a cada 17 garrafas recolhidas para reciclegem, levam para casa um refrigerante geladinho. A economia é repassada ao preço final. Dez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE