Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Obras inacabadas da Caesa causam transtornos no Renascer


CID2-3 CAESA RENASCER
Moradores do Bairro Renascer I, na zona norte da capital, reclamam do trabalho feito pela Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), no ano passado. As valas abertas para instalação de tubos da rede de distribuição de água não foram totalmente tapados. Com a chegada das chuvas a situação piorou. As ruas viraram lamaçal.
Além da lama outro problema enfrentado é o mato alto. Em alguns locais o matagal já encobriu tudo e ameaça entrar nas casas. Na avenida Martins Reno as crateras mostram a realidade enfrentada pelos moradores.
“Se eles sabiam que não iriam asfaltar agora por causa das chuvas, por que não esperaram até passar essa época ou então asfaltaram logo. Eles sabem que todo mundo aqui tem poço artesiano então não era prioridade fazer essa obra agora”, disse a moradora Andrene Vianna. A dona de casa afirmou que a sua residência não para limpa e que quando as crianças vão a escola ela tem que carregá-las para não pisarem na lama
Caesa informou que as valas serão fechadas pela Secretaria Estadual de Transporte (Setrap), no máximo até o fim de janeiro, e que a abertura das valas se fez necessário para a implantação dos tubos que levarão água potável ao bairro
A diarista Renise da Silva diz está sofrendo sempre que chove. “Quando chove a água invade nossa casa. Isso está desde dezembro aqui. Pior é que essa água imunda já inundou nosso poço”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE