Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


terça-feira, 10 de julho de 2012

Coluna Argumentos, terça-feira, dia 10 de julho de 2012.




Falta pouco


Sai EMTU entra a CTmac, novos projetos apresentados, mídia, pompa e circunstância. Mas nada se fala sobre o porquê do abandono do [bom] projeto de abertura de três faixas de rolamento e uma de estacionamento na rua Leopoldo Machado. Na verdade falta pouco para concretizar a mudança, apenas o trecho entre Nações Unidas e FAB.


Enrosco


A foto do jantar oferecido pela família Aprígio ao governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB) em Anápolis (GO), em fevereiro de 2011, é mais uma evidência de que o tucano era mais próximo do grupo do bicheiro Carlinhos Cachoeira do que tem dito. Esta é a tese defendida pelo senador Randolfe Rodrigues (PSol-AP), que integra a CPI do Cachoeira.


Recepção


Jipeiros e amigos do piloto e empresário Manoel Mandi irão ao aeroporto de Macapá nesta terça-feira para dar uma recepção digna do feito histórico que ele conseguiu no fim de semana, na Transbahia, prova classificatória para a FBA. Mandi sagrou-se campeão brasileiro de rally, na categoria Graduados. Chega às 14h.


Sangria

O Plenário do Senado vota amanhã em sessão marcada para as 10h, o Projeto que propõe a cassação do mandato do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO). A proposição é fruto da representação do Psol no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. Ele também é procurador do MP de Goiás.


Homenagem


O presidente José Sarney (PMDB-AP) homenageou na tarde de ontem (9), no Plenário, o ex-senador Ronaldo Cunha Lima, que morreu no último sábado. De acordo com ele, além de político, Cunha Lima era um homem intelectual, de inteligência extraordinária e vasta cultura. “Cordial, amigo gentil, solidário, leal. Defendia seu estado com paixão”, resumiu.


Custa caro


Dois amigos juntaram as economias e abriram um ateliê de pintura de faixas e fachadas de comitês eleitorais. Fica bem no quilômetro zero da rodovia JK. Essa movimentação da economia que as eleições proporcionam, é boa, claro. O caro mesmo é o custo operacional de cada pleito, daí o movimento pelo país para que tenhamos eleições apenas a cada quatro anos.


Reviravolta


Davi Alcolumbre (DEM) volta à cena como candidato a prefeito de Macapá. Isso porque juiz eleitoral Luciano de Assis anulou convenção do PSDB que homologara os professores Marco Antônio e Nelma como candidatos – a prefeito e vice. Por tabela, sai essa dupla, e entra na campanha o dueto Davi-Jurema pela coligação DEM-PTB-PSDB.


Sem entender


A jornalista Marcelle Nunes, da novíssima safra de profissionais forjados na academia, virou notícia na madrugada de ontem, em Santana. A casa dela foi tomada pela água de uma enxurrada que varreu o bairro Hospitalidade. O problema é que a Prefeitura não libera a abertura de uma drenagem superficial para a água da chuva passar. Fica tudo no terreno da confrade.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE