Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


sábado, 2 de junho de 2012

Primeiro governador do Amapá terá homenagens no seu Centenário

O ex-governador do Território do Amapá, Janary Nunes, terá homenagens no seu centenário
O Congresso Nacional celebra, na próxima segunda, 4, Sessão Solene em comemoração ao centenário de nascimento de Janary Nunes. O capitão Janary Gentil Nunes, que completaria 100 anos em 1º de junho de 2012, foi o político que governou por mais tempo o então território do Amapá, entre 1943 e1956.

Ele foi escolhido pelo então presidente Getúlio Vargas em 1943, quando o Amapá foi transformado em território por decreto O ato iniciou uma onda de migração na região. A população era de apenas 2.800 habitantes e cresceu para 25 mil pessoas.

Construiu cinco fazendas-modelo incentivando a pecuária, centros hortigranjeiros, escolas, aeroporto. Estabeleceu as bases da companhia de eletricidade e liderou a descoberta do manganês, cujos royalties utilizou para a construção da Usina Hidrelétrica do Paredão

Janary Nunes também presidiu a Petrobras, aumentando muito a produtividade da estatal durante sua gestão. Saltou de 6.800 barris/dia para 86 mil barris/dia. A receita bruta em cruzeiros antigos saltou de 3,6 bilhões em 1955 subiu para 27 bilhões em 1958. Já o lucro liquido saltou de 107 milhões em 1955 para 1,8 bilhões em 1956, 3,8 bilhões em1957 e5,3 bilhões em 1958.

A Sessão Solene, realizada pelo Senado Federal e Câmara dos Deputados, é organizada pelo Senador Randolfe Rodrigues (PSOL/AP) e contou com o apoio do Deputado Federal Bala Rocha (PDT/AP).

“Janary Nunes conferiu visibilidade à Amazônia, em uma época que estávamos esquecidos pelo Brasil”, afirmou Bala Rocha.


Fonte: Gabinete do Deputado Federal Bala Rocha (PDT/AP) e Agência Senado
Tel: 55 61 3215-5608 Fax: 55 61 3215-2608

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE