Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


quarta-feira, 18 de abril de 2012

Presidente José Sarney terá 15 dias de licença médica



O presidente José Sarney terá licença de 15 dias e ficará em São Paulo até a alta médica. A senadora Marta Suplicy (PT-SP), 1ª vice, responderá pela presidência do Senado. Como previsto ontem pelo cardiologista Roberto Kalil Filho, Sarney deve permanecer no hospital Sírio-Libanês até o final desta semana. Hoje, por recomendação médica, as visitas foram restritas. Além da família, apenas o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o deputado Gabriel Chalita (PMDB-SP) estiveram com o presidente do Senado. A presidente Dilma Rousseff tem se informado sobre a saúde de Sarney em vários telefonemas para Kalil Filho. O senador Sarney está no hospital paulista desde sábado, 14. Na madrugada de domingo, 15, foi submetido a cateterismo, seguido de angioplastia. Havia sentido dores no peito na noite de sexta-feira, 13.


Boletins do Hospital Sírio-Libanês

José Sarney (PMDB-AP) passou a noite bem, segundo informou sua assessoria de imprensa na manhã desta terça-feira (17), mas foi aconselhado pela equipe médica a restringir as visitas para se focar na recuperação. Sarney, que foi internado no último sábado (14) e submetido a um cateterismo e a uma angioplastia, se recupera bem dos procedimentos, informam assessores. O presidente do Senado continuará internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, por tempo indeterminado. Nesta terça à tarde, Sarney foi transferido da Unidade Crítica Cardiológica (semi-intensiva) para um quarto. Segunda-feira, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Sarney recebeu as visitas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, dos senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), Marta Suplicy (PT-SP) e Gim Argello (PTB-DF), além do deputado federal Arlindo Chinaglia (PT-SP). Devido ao grande volume de ligações e de visitas, os médicos recomendaram que Sarney repouse e reduza o número de visitantes. Nesta quarta, no entanto, o vice-presidente da República, Michel Temer, e o ex-presidente, Fernando Collor de Mello, devem visitá-lo no período da manhã.

Boletins

  • 16/04/2012
  • 15/04/2012
  • 15/04/2012
  • 14/04/2012
  • 14/04/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE