Página do jornalista amapaense Cleber Barbosa, voltada a difundir notícias, pensamentos, reflexões e atualidades sobre turismo, comportamento, economia, cultura, política e empreendedorismo.


quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Prefeitura de Calçoene denuncia excessos de policiais militares

Policiais Militares do Batalhão Ambiental comandados pelo Sargento Cleyto Alan e Cabo Kelcio, sem nenhuma autorização judicial invadiram a empresa de pescado do empresário Odilon Filho em Calçoene(CALÇOMAR). Aprenderam equipamentos,veículos e varios funcionários que estavam trabalhando além e agrediram fisicamente funcionários. Os Policiais apareceram de repente alegando estarem realizando inspeção ambiental. “Eles para invadir uma propriedade particular, ameaçar e espancar funcionários em uma área privada teriam que apresentar uma ordem judicial o que não aconteceu, eles chegaram aqui empurrando todo mundo, invadindo cômodos e fazendo um quebra quebra. Vamos acionar a corregedoria da Policia Militar em Macapá” Disse Gerson Tosta gerente a empresa Calçomar de propriedade de Odilon que é esposo da Prefeita de Calçoene. O mesmo encontra-se com advogados tomando as providencias em Macapá. “Não entendo o porque estou sofrendo mais uma ação truculenta, o estranho é que existem outras empresas de pescado atuando em Calçoene e nenhuma delas foram alvo das tais “inspeções”promovidas pelo batalhão ambiental, so vieram aqui na minha empresa o que caracteriza ser algo a mando de alguém que tem poder de mando”disse Odilon Filho. O chefe da operação sem dialogo algum disse apenas que tratava-se de crime ambiental pelo despejo dos dejetos do peixe na lixeira publica do município. Os advogados de Odilon Filho acharam estranho a operação haver sido direcionada somente na empresa Calçomar sem que as demais que causam o mesmo possivel dano ambiental não tenham sofrido sequer uma diligencia dos policiais.

ASCOM/CALÇOENETEL. 9129-3300

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contribua conosco!

PUBLICIDADE